Larissa Pacheco concorre a premiação internacional

Campeã do Jungle Fight disputa prêmio de melhor combate do ano pelo WMMA Press Awards

larissa pachecoApós sagrar-se a primeira campeã feminina do Jungle Fight, Larissa Pacheco tem mais um motivo para comemorar no fim de ano. A paraense, de apenas 19 anos, foi indicada por sua performance contra a mexicana Irene Aldana, sua última adversária, ao prêmio de melhor combate do ano pelo WMMA Press Awards 2013, que coroa as melhores mulheres do MMA mundial.

Larissa tem uma concorrência de respeito. Os duelos entre Ronda Rousey contra Liz Carmouche, no UFC 157, e Cat Zingano diante de Miesha Tate no TUF 17 Finale também estão na briga pelo importante troféu.

Com um cartel de nove vitórias, a “Larissão”, como é conhecida entre os companheiros, conta com a total confiança de Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight, para conquistar a honraria.

“Eu sou meio suspeito para falar sobre votações de internet, mas adorei esta luta. Foi um excelente combate, que coroou o ano maravilhoso do Jungle Fight. Em 2014 trabalharemos para ter 24 edições com muitos duelos eletrizantes”, disse.

Pega de surpresa com a novidade, a lutadora, que aproveita as festas de fim de ano ao lado de familiares, mostrou-se radiante com a notícia e disse que a novidade a motiva ainda mais na defesa de seu cinturão dos pesos-galos (61kg).

“É um ótima notícia, nem sabia dessa eleição. É muito importante para mim concorrer ao lado de nomes tão bons. Foi uma surpresa bem agradável. Acho que o pessoal que assistir a luta vai gostar bastante do que vai ver, foi uma verdadeira batalha. Isso só me dá mais força para treinar e seguir indo bem dentro do Jungle Fight”, declarou.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments