VÍDEO: Relembre os cinco maiores nocautes de 2022

Equipe escala top 5 desfechos brutais na temporada; brasileiro é destaque na lista

A temporada de 2022 está chegando ao fim e o MMA surpreendeu os fãs com desfechos épicos ao longo dos últimos meses. Para fechar o ano com chave de ouro, a equipe do SUPER LUTAS listou cinco nocautes emblemáticos nas artes marciais mistas. Entre os momentos escalados, dois representaram disputas de cinturão.

Os fãs dos esportes de combate se agitam quando se deparam com apresentações épicas. Para os apaixonados pelas artes marciais, 2022 acabou sendo um prato cheio quando se trata de desfechos apoteóticos.

PUBLICIDADE:

Sem mais delongas, confira a lista dos nocautes mais arrasadores da temporada.

5) Alex Poatan x Sean Strickland (UFC 276)

A. Poatan (esq.) atropelou S. Strickland (dir.) no UFC 276. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Novo campeão dos médios (até 83,9kg.), Alex Poatan, mesmo no início de sua trajetória no MMA, tem se tornado conhecido por seu poder de nocaute. Lenda do kickboxing, o brasileiro ficou com a quinta colocação por seu atropelo diante de Sean Strickland.

Contra o ‘bad boy’ norte-americano, o paulista travava sua terceira luta com as luvas do UFC. Diante do ‘falastrão’, Poatan precisou de pouco mais de dois minutos para liquidar a fatura. Ao conectar seu famoso cruzado de esquerda, o tupiniquim fez o rival desabar, conquistando o triunfo que o credenciou a disputar o cinturão dos médios contra o então ‘rei’ do grupo, Israel Adesanya.

4) Jamahal Hill x Johnny Walker (UFC Las Vegas 48)

J. Walker (esq.) foi brutalizado por J. Hill (dir.) no UFC Las Vegas 48. Foto: Reprodução/Instagram

Desafiante ao cinturão vago dos meio-pesados (até 93kg.) no UFC Rio, Jamahal Hill ‘aprontou’ no octógono do UFC Las Vegas 48. Rival de Johnny Walker, o norte-americano protagonizou um dos nocautes mais duros da temporada e ampliou sua boa fase na empresa.

Impiedoso, o atleta levou a melhor na luta franca travada contra o brasileiro. Com um direto limpo no rosto de Walker, Hill ‘apagou’ o tupiniquim ainda no primeiro round, promovendo uma imagem chocante.

3) Molly McCann x Luana Dread (UFC Londres)

L. Dread foi brutalmente nocauteada por M. McCann no UFC Londres. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque no primoroso UFC Londres, evento marcado por combates decididos na via rápida, Molly McCann brilhou no card principal. Lutando em seu país e diante de seus fãs, a representante do peso mosca (até 56,7kg.) presenteou os espectadores com um nocaute devastador contra Luana Dread.

Depois de boa apresentação nos dois primeiros rounds, McCann chegou à vitória em grande estilo. Com uma cotovelada giratória de rara maestria, a inglesa levou o público à loucura e fez com que a brasileira desabasse de forma imediata.

2) Leon Edwards x Kamaru Usman (UFC 278)

Leon Edwards Kamaru Usman UFC 278 Instagram

L. Edwards nocauteou K. Usman no UFC 278 (Foto: Instagram/UFC)

Do UFC 278 saiu uma das maiores reviravoltas na história do MMA e um dos nocautes mais brutais sofridos por uma estrela do esporte. No espetáculo, Kamaru Usman buscava mais uma vitória para ampliar seu reinado na divisão dos meio-médios (até 77,1kg.). Contra Leon Edwards, rival que já havia sido batido pelo nigeriano em 2015, o então campeão travava um embate estratégico e dava sinais de que cumpriria o plano traçado pela equipe.

Desafiante ao título na ocasião, Edwards chocou o mundo e ‘estragou a festa’ de Kamaru. Controlado por grande parte do embate, o inglês vivenciou um roteiro de filme, quando, nos segundos finais do confronto, conectou um chute alto que ‘desligou’ o, até então, imbatível, Usman.

1) Michael Chandler x Tony Ferguson (UFC 279)

T. Ferguson recebe duro nocaute de M. Chandler. Foto: Reprodução/Twitter @HansGutknecht

O nocaute escalado em primeiro lugar não tinha cinturão envolvido, mas ‘roubou a cena’ no UFC 279. Em ação, dois destaques dos leves (até 70,3kg.). O protagonista do desfecho apoteótico foi Michael Chandler, que, no card principal, conseguiu a façanha de nocautear ninguém menos do que o ‘Bicho Papão’, Tony Ferguson.

Mesmo em momento complicado na carreira, Ferguson sempre chamou atenção por sua resistência a castigos no octógono. O ex-campeão interino, no entanto, acabou sucumbindo diante de milhões de olhares ao receber um chute frontal, â lá Anderson Silva, e caiu desacordado após ser atingido no início do segundo round.

PFL compra Bellator para bater de frente com UFC + Chimaev desafia Poatan

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC Austin Resultados das Finais – PFL Resultados do UFC Las Vegas 82 Principais resultados do Bellator 301 Lutadores campeões em duas categorias do UFC