UFC se defende de críticas de Quarry: 'Tínhamos dívida de US$ 44 milhões em 2005' | SUPER LUTAS

UFC se defende de críticas de Quarry: ‘Tínhamos dívida de US$ 44 milhões em 2005’

Dana White e Lorenzo Fertitta afirmam que organização não tinha há nove anos o mesmo poder financeiro de hoje em dia

Lorenzo Fertitta não gostou das declarações de GSP. Foto: Divulgação

Lorenzo Fertitta é acionista majoritário da empresa que controla o UFC. Foto: Divulgação

Dana White e Lorenzo Fertitta, acionistas da empresa proprietária do UFC, se posicionaram sobre as críticas feitas pelo ex-lutador Nate Quarry nesta semana.

Quarry, participante da primeira temporada do reality show The Ultimate Fighter e ex-desafiante pelo cinturão dos médios do UFC, se mostrou insatisfeito com a maneira com a qual a organização trata seus lutadores. Ele disse, inclusive, que recebeu apenas US$ 10 mil para fazer a luta válida pelo título, contra o então campeão, Rich Franklin, em 2005.

Fertitta, acionista majoritário do UFC, disse, em entrevista ao site “Yahoo Sports”, que o UFC não tinha naquela época o mesmo poder financeiro que possui hoje. “Essa luta a qual Nate se refere foi há muito tempo e claramente o negócio não estava do mesmo jeito que está hoje. Estávamos saindo de um período onde tínhamos prejuízos de milhões de dólares. E, te digo uma coisa: Nate é um cara inteligente. Com certeza ele é. Quando ele assinou seu contrato, ele sabia exatamente o quanto seria seu pagamento”, disse o empresário, que também defendeu a política do UFC para com seus lutadores. “Tenho muito orgulho do que temos feito por nossos atletas, pelo esporte e pela empresa. Nosso retrospecto é bom como um todo e não temos nada para nos envergonharmos”, concluiu.

White, que também é o presidente do UFC, engrossou o coro de Fertitta durante coletiva de imprensa realizada nesta semana. “Lorenzo explicou da melhor forma. Infelizmente, quando Nate lutou [pelo título], nós estávamos com um prejuízo de US$ 44 milhões”, revelou. “O esporte evoluiu muito desde então. Agora que o UFC vale alguns bilhões, é fácil de dizer, mas e na época? Estávamos muito perto de encerrar nossas atividades. Eu achava que nunca iríamos recuperar esses US$ 44 milhões”, continuou White, que evitou atacar Quarry.

“Vocês nunca me ouvirão dizer nada de negativo sobre os caras da primeira temporada do The Ultimate Figher. Eu adoro esses caras, os respeito muito. Sempre tive uma ótima relação com Nate Quarry”, encerrou o presidente.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments