Amanda Ribas bate Vivi Araújo em ‘guerra’ entre brasileiras no UFC 285

Brasileiras protagonizam duelo extremamente movimentado e mineira leva a melhor na decisão unânime dos juízes

Amanda Ribas derrotou Vivi Araújo no UFC 285 (Foto: Instagram/UFC)

O duelo brasileiro no card preliminar do UFC 285, neste sábado (4), entregou o entretenimento prometido. Após uma “guerra” de 15 minutos, Amanda Ribas superou Viviane Araújo na decisão unânime dos juízes (29-27, 30-26, 30-27) em combate válido pela divisão peso mosca (até 56,7kg). A mineira resistiu a perigosas tentativas de finalização por parte da brasiliense e levou a vitória ao fim dos três assaltos.

Com o resultado, Amanda Ribas se recuperou da derrota sofrida contra Katlyn Chookagian em sua estreia no peso mosca, em maio do ano passado e garantiu retorno ao top 15 da divisão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Do outro lado, Vivi Araújo amargou a segunda derrota consecutiva e deve perder a oitava posição no ranking para a compatriota.

Amanda Ribas faz luta de recuperação e vence batalha brasileira contra Vivi Araújo

Amanda Ribas começou a luta soltando dois chutes baixos no vazio. Na base de canhota, Amanda encurtou a distância e entrou em queda, mas deixou o pescoço exposto. Vivi atacou com uma guilhotina justa, mas a mineira conseguiu escapar e ficou por cima. As duas se embolaram no solo e Vivi conseguiu se levantar. Amanda soltou um chute giratório na linha de cintura de Vivi e completou com um jab limpo. Vivi conectou um direto certeiro e balançou Amanda. Mais um direto de esquerda de Vivi entrou no rosto da mineira. Na reta final do round, Amanda atacou com jab e direto e Vivi respondeu com mais um direto limpo.

PUBLICIDADE:

Vivi Araújo começou o segundo round andando para a frente. Mesmo andando para trás, Amanda Ribas conectou dois diretos de direita e levou a brasiliense a knockdown. Amanda Ribas caiu por cima, na meia-guarda de Vivi. Em posição de domínio, Amanda golpeava bastante com a mão esquerda, enquanto procurava uma brecha para a montada. Amanda conseguiu livrar a perna e rapidamente fez a transição para as costsa de Vivi. A mineira mochilou, fechou o cadeado entre as pernas da brasiliense e golpeou até o fim do round.

No início do terceiro round, Vivi começou indo à caça de Amanda, que trabalhava bem as combinações de jab e direto andando para trás. Os jabs e diretos de Amanda Ribas encontravam seguidamente o rosto de Vivi Araújo. Amanda soltou um bom chute giratório na linha de cintura de Vivi e as duas trocaram jabs na sequência. Vivi conectou um bom direto de direita, mas Amanda absorveu bem. Perto do minuto final, Amanda Ribas entrou em queda e conseguiu colocar a luta para baixo. Vivi Araújo rapidamente fez um ataque ao braço de Amanda, que conseguiu escapar e terminou a luta batendo por cima.

PUBLICIDADE:

Marc-André Barriault bate Julian Marquez em luta franca

Marc-André Barriault nocauteou Julian Marquez no UFC 285 (Foto: Instagram/UFC)

A sexta luta do UFC 285, válida pela divisão dos médios (até 83,9kg) manteve o alto nível apresentado pelo evento até então. Acostumados a não fugir da briga, Marc-Andre Barriault e Julian Marquez protagonizaram um combate franco, vencido pelo canadense por nocaute técnico no segundo round após sequência devastadora de golpes.

Com a vitória, Marc-André Barriault se recuperou da derrota sofrida contra Anthony Hernandez em setembro do ano passado e soma agora quatro triunfos, cinco reveses e uma luta sem resultado na organização.

PUBLICIDADE:

Do outro lado, Julian Marquez amarga a segunda derrota consecutiva e tem três vitórias e três reveses no octógono do Ultimate.

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC Louisville Resultados do UFC 302 Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301