Ameaçado de morte por McGregor, promessa dos pesados minimiza polêmica: ‘não precisamos disso’

Tom Aspinall revelou surpresa com os ataques do 'Notório', mas colocou 'panos quentes' no ocorrido

C. McGregor está afastado do UFC desde julho de 2021. Foto: Reprodução/Instagram

Ameaçado de morte por Conor McGregor após revelar não estar tão empolgado com o retorno do irlandês ao octógono, Tom Aspinall fez questão de colocar “panos quentes” em qualquer polêmica com o “Notório”.

Durante participação no podcast “MMA Hour”, do site norte-americano “MMA Fighting”, a promessa dos pesos pesados, que se recupera de uma grave lesão no joelho, revelou ter ficado surpreso com os ataques de McGregor, mas garantiu que não teve intenção de desrespeitá-lo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu sinceramente não sei por que ele ficou tão bravo. Eu tenho muito respeito por Conor, jamais desrespeitaria ele ou ninguém. Não sou esse tipo de cara. Sou um adulto e não estou querendo arrumar confusão com ninguém. Se eu quiser confusão com alguém, que seja com alguém da minha divisão, para que pelo menos possamos lutar e ganhar algum dinheiro com isso. Literalmente o que eu disse foi que não estava tão interessado na luta de Conor quanto em outras lutas que estão por vir. Foi isso. Não quis desrespeitar ninguém”, explicou.

Por fim, Aspinall afirmou ter grande admiração pelo ex-campeão peso penas (até 65,7kg) e leve (até 70,3kg) do Ultimate.

PUBLICIDADE:

“Sou um grande fã. Conor é uma inspiração enorme para mim. Ele é um cara irlandês, eu sou um cara inglês. Os países são bem próximos e ele fez coisas enormes para o esporte. Fiquei um pouco surpreso, porque não quis ofender ninguém. (…) Eu não quero confusão com ninguém, irmão. Não precisamos desse tipo de confusão”, finalizou.

Leia Mais sobre: , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300