CABMMA nega recurso de Jorgensen e derrota para Formiga em Natal é mantida

Órgão entendeu que cabeçada aplicada pelo brasileiro foi acidental; empresários de Scott pedem revanche

S. Jorgensen (esq.) quer uma revanche contra Formiga (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

S. Jorgensen (esq.) quer uma revanche contra Formiga (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

A Comissão Atlética Brasileira de MMA negou o recurso de Scott Jorgensen, que pedia a revisão do resultado de sua derrota para Jussier Formiga no UFC Natal devido a uma cabeçada sofrida pouco antes da finalização que rendeu a vitória ao brasileiro. A entidade entendeu que o golpe foi acidental e manteve a vitória de Formiga no combate, realizado no último dia 23 de março.

A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do norte-americano e reproduzida pelo site “MMA Junkie”. “A CABMMA negou o recurso de Scott Jorgensen. (A entidade) não vai substituir uma não-marcação dentro do cage. Independentemente do resultado do recurso junto a CABMMA, esperamos que o UFC conceda a Scott Jorgensen uma revanche”, diz a declaração.

No último dia 23 de março, em Natal (RN), Scott Jorgensen sofreu sua segunda derrota consecutiva na categoria peso mosca ao ser finalizado pelo brasileiro Jussier Formiga no card preliminar do UFC Fight Night 38. Desde então, o norte-americano tem insistido na reclamação sobre uma suposta cabeçada que teria sofrido do brasileiro momentos antes de ser finalizado.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments