Melvin Guillard acerta com WSOF e provoca UFC: ‘Hora de fazer dinheiro de verdade’

Peso leve norte-americano foi demitido do Ultimate em março

M. Guillard (foto) é mais um atleta a assinar com o WSOF após deixar o UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Guillard (foto) é mais um atleta a assinar com o WSOF após deixar o UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Demitido do UFC após 22 lutas e quase nove anos no evento, o norte-americano Melvin Guillard não parece ter deixado a organização sem ressentimentos. Na noite desta segunda-feira (07), Guillard usou seu perfil oficial no Twitter para confirmar seu acerto com o World Series of Fighting e alfinetar sua ex-casa.

“Acabei de assinar com o WSOF. Me sinto bem de fazer parte de algo diferente. É hora de fazer dinheiro de verdade e pegar aquele cinturão”, publicou o lutador na rede de microblogs. Entre os pesos leves na nova organização, Guillard terá a companhia de outros atletas que lutaram no UFC, como: Dan Lauzon, Jacob Volkmann e Tyson Griffin. Na luta pelo cinturão, seus alvos são Justin Gaethje e Nick Newell, que disputam o título em julho.

Aos 31 anos, Melvin Guillard tem um cartel de 31 vitórias, 13 derrotas, dois empates e duas lutas sem resultado. “The Young Assassin”, como é conhecido, estreou no Ultimate em 2005, no TUF 2 Finale, com vitória sobre Marcus Davis. Com um histórico de alternância entre bons e maus resultados, Guillard viveu seu melhor momento na organização entre 2010 e 2011, quando encaixou uma sequência de cinco vitórias. Recentemente, após um no contest contra Ross Pearson, provocado por uma joelhada ilegal, e uma derrota para Michael Johnson, Melvin acabou demitido pelo UFC no mês de março.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário