UFC 172: Glover encara favoritismo de Jones e tenta trazer cinturão de volta ao Brasil

Evento em Baltimore (EUA) também tem volta de Anthony Johnson ao UFC e brasileira Bethe Pitbull; confira o card completo

Glover (dir.) tenta destronar o campeão J.Jones (esq.). Foto: Josh Hedges/UFC

Glover (dir.) tenta destronar o campeão J.Jones (esq.). Foto: Josh Hedges/UFC

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura é patrocinada por EVERLAST

Glover Teixeira não sabe o que é perder uma luta de MMA profissional há mais de nove anos. Em uma situação normal, o brasileiro seria considerado favorito contra qualquer oponente. Mas neste sábado (26), em Baltimore (EUA), Glover não vai estar frente a frente com um adversário qualquer, ele vai tentar destronar o norte-americano Jon Jones, mais jovem lutador a conquistar um cinturão do Ultimate e que detém a hegemonia na categoria de meio-pesados nos últimos anos.

VEJAGlover e Jones colam o rosto em encarada após pesagem

Por isso, o brasileiro é considerado o azarão nas principais casas de apostas dos Estados Unidos. Em média, Glover paga o equivalente a US$ 4 (aproximadamente R$ 9) para cada dólar apostado em sua vitória. Por outro lado, um triunfo de Jon Jones paga US$ 0,20 (menos de 50 centavos) para cada dólar investido. Tanta expectativa é fundamentada principalmente no histórico do campeão, que tem um cartel de 19 vitórias e apenas uma questionada derrota por desqualificação e venceu grandes adversários de maneira convincente.

MAIS: Acompanhe o UFC 172 ao vivo no SUPER LUTAS

Do outro lado do córner, Glover Teixeira busca trazer de volta ao Brasil o cinturão dos meio-pesados do UFC, que já esteve em posse dos compatriotas Vitor Belfort, Maurício Shogun e Lyoto Machida. Coincidentemente, Jones já venceu os três ex-campeões brasileiros da divisão em lutas pelo título. Para isso, o mineiro de Sobrália aposta principalmente na potência de seus golpes e em sua sólida base no wrestling. Se os especialistas em apostas apontam o campeão como favorito, Glover conta com uma opinião de peso em seu favor: a do membro do Hall da Fama Chuck Lidell. Amigo e ex-companheiro de treinos do brasileiro, Lidell afirmou que Jon Jones não passará do terceiro assalto conta Teixeira.

LEIA: Especial: Quando a chance de conquistar o cinturão escapa

A luta co-principal da noite na Baltimore Arena marca a volta ao UFC de Anthony Johnson, promissor lutador da Blackzilians que havia saído da organização depois de perder o peso diversas vezes. Após atuar até como peso meio-médio, mas sem sucesso no corte de peso, Johnson volta ao octógono como meio-pesado com um retrospecto invicto de seis vitórias em seu tempo recente fora do Ultimate. “Rumble”, como é conhecido”, encara o perigoso Phil Davis, que vem se aproximando cada vez mais de uma disputa de cinturão e durante os eventos oficiais do UFC 172 nesta semana tratou de garantir seu destaque por meio de declarações polêmicas e desafios públicos a Jon Jones.

Além disso, o Brasil também marca presença no octógono no card preliminar. A brasileira Bethe “Pitbull” Correia faz contra a participante do TUF 17 Jessamin Duke a única luta feminina da noite. Bethe, que é atleta da academia “Pitbull Brothers”, faz sua segunda luta no Ultimate. Em sua estreia, a potiguar, que possui um cartel perfeito de sete vitórias, superou a norte americana Julie Kedzie.

Confira abaixo o card completo do UFC 172: 

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93 kg): Jon Jones x Glover Teixeira;

Peso meio-pesado (até 93 kg): Phil Davis  x Anthony Johnson;

Peso médio (até 84 kg): Luke Rockhold x Tim Boetsch;

Peso leve (até 70,3 kg): Jim Miller x Yancy Medeiros;

Peso pena (até 66 kg): Max Holloway x Andre Fili .

CARD PRELIMINAR

Peso mosca (até 57 kg): Joseph Benavidez  x Tim Elliott;

Peso leve (até 70,3 kg): Takanori Gomi x Isaac Vallie-Flagg;

Peso galo (até 61,2 kg): Jessamyn Duke x Bethe “Pitbull” Correia;

Peso leve (até 70,3 kg): Danny Castillo  x Charlie Brenneman;

Peso galo (até 61,2 kg): Chris Beal  x Patrick Williams.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments