Stefan Struve: luta com ‘patético’ Matt Mitrione se tornou questão pessoal

Gigante holandês não gostou de ver norte-americano pedindo para enfrentá-lo quando ele ainda não havia sido liberado para lutar

Struve (esq.) e Mitrione (dir.) se enfrentam no UFC 175. Foto: Produção Super Lutas (Divulgação/UFC)

Struve (esq.) e Mitrione (dir.) se enfrentam no UFC 175. Foto: Produção Super Lutas (Divulgação/UFC)

Depois de um longo tempo afastado do UFC, Stefan Struve já tem data marcada para retornar ao octógono. No dia 5 de julho, no UFC 175, ele enfrentará Matt Mitrione, em um combate em que o próprio holandês considera ser uma “questão pessoal”.

Em entrevista dada ao site norte-americano “MMA Weekly”, Struve contou um episódio ocorrido na última luta de Mitrione, em Macau, em março deste ano. “Em Macau, quando Mitrione lutou pela última vez, ele estava muito interessado [em meu problema no coração], então eu expliquei a ele tudo o que estava acontecendo. Então, ele sabia como eu estava. Alguns meses depois, mesmo antes de eu estar liberado para voltar ao octógono, ele diz a Joe Silva que quer me enfrentar quando eu retornar?”, questionou, indignado, o holandês.

“Todos sabiam que eu tinha um problema no coração e ele liga para o matchmaker sem saber se eu estou liberado? Ele fez isso porque achava que teria uam chance maior de vencer. Na minha opinião, isso é patético e Matt Mitrione tornou essa questão pessoal”, completou Struve, que é o lutador mais alto do UFC, com 2,13 m de altura.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments