Agente garante que Erick Silva não sofreu concussão ou fraturou a mandíbula

Wallid Ismail afirmou que brasileiro não tem nenhum tipo de lesão grave, contrariando as expectativas iniciais

E. Silva (esq.) acabou levando a pior na trocação contra M. Brown (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

E. Silva (esq.) acabou levando a pior na trocação contra M. Brown (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

Logo após o UFC Fight Night 40 no último sábado (10), o presidente Dana White afirmou que Erick Silva, derrotado por Matt Brown na luta principal do evento, havia sido levado para o hospital com suspeita de ter fraturado a mandíbula ou até mesmo sofrido uma concussão. Apesar das expectativas iniciais divulgadas pelo dirigente, o empresário do lutador Wallid Ismail revelou que Erick não tem qualquer tipo lesão grave.

“Nenhuma fratura, absolutamente nada. Ele só sofreu alguns pontos na testa, mas o resto está bem. Ele saiu do hospital por conta própria. Ele estava exausto após a luta”, disse Wallid em entrevista ao site “MMA Fighting”. O agente também afirmou que a equipe do capixaba não identificou a razão que fez o atleta perder tanto condicionamento físico ao longo do combate. “Nós não sabemos o que aconteceu, não sei se foi a tentativa de mata-leão no primeiro round”, disse ele. “Ele é muito bom, mas algo aconteceu. Precisamos descobrir qual é a questão. Seu camp de treinamento foi perfeito, não temos desculpas. O Erick foi ótimo. Ele nunca cortou peso tão facilmente”, assegurou.

Na luta principal do UFC Fight Night 40, Erick Silva chegou a ficar próximo da vitória, mas acabou derrotado pelo norte-americano Matt Brown. Com o revés, Erick agora tem um retrospecto de quatro vitórias e quatro derrotas no Ultimate. Na carreira, Erick tem um cartel de 16 vitórias, cinco derrotas e uma luta sem resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments