Para preparador físico, adrenalina consumiu energia de Erick Silva contra Matt Brown

Rogério Camões se manifestou por meio do Instagram e comentou a luta de seu pupilo no UFC Fight Night 40

Camões (dir.) ao lado de Erick (esq.), preparador trabalha com atleta na X-Gym. Foto: Reprodução/Instagram

Camões (dir.) ao lado de Erick (esq.), preparador trabalha com atleta na X-Gym. Foto: Reprodução/Instagram

Dias após o revés diante de Matt Brown no UFC Fight Night 40, no último sábado (10), Erick Silva e sua equipe ainda tentam entender as razões que levaram o lutador a perder resistência rapidamente no combate, e consequentemente sair derrotado. Por meio de seu perfil oficial no Instagram, Rogério Camões, preparador físico e um dos líderes da academia X-Gym, apresentou sua versão. Segundo Camões, Erick havia feito uma preparação cardiovascular adequada, mas a adrenalina consumiu sua energia na luta.

“Todos nós queríamos que o Erick Silva tivesse ganhado, mas luta é assim. Nem sempre tudo sai 100%. O Erick cumpriu todo o treinamento de forma profissional e eficiente. Quanto à preparação fisica e ao gás, ele estava muito bem, e tenham certeza: ele fez muito cardio. Na minha opinião, após refletir muito, a adrenalina consumiu sua energia rapidamente. E isso pode acontecer, pois fiquei surpreso quando o vi cansado no final do primeiro round. Durante os treinos específicos de sparring, ele completava os cinco rounds dentro do padrão. Estamos voltando para casa, vamos analisar todas as coisas com calma e fazer o que for necessário para que ele volte melhor. O importante é que ele está bem, com saúde para poder continuar a fazer o que gosta. Vamos criticar para construir, mas não podemos julgar sem ter participado ativamente do treinamento. O momento é de incentivar, afinal, o Erick lutou com raça, com coração e aguentou o que muitos não aguentariam nem por um segundo. Ele vai voltar e dar a volta por cima”, sentenciou Rogério.

No último sábado (10), em Cincinnati (EUA), Erick Silva lutou em um evento principal pela primeira vez em sua trajetória no Ultimate. O capixaba enfrentou o norte-americano Matt Brown e, apesar de ficar próximo de finalizar o combate no primeiro assalto, acabou derrotado por nocaute técnico no terceiro round. Com a derrota, Erick perdeu uma posição no ranking de meio-médios, voltando para a 15ª posição na listagem. Já Brown estendeu sua série invicta para sete vitórias consecutivas e avançou para a sexta colocação na divisão até 77 kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments