UFC 173: Chiesa domina Massaranduba e vence brasileiro no card preliminar

Lutador brasileiro até teve um bom início, mas não conseguiu superar o jogo de quedas do rival e perdeu na decisão dos juízes

Michael Chiesa

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura é patrocinada por EVERLAST

O brasileiro Renan Barão é a principal atração do UFC 173, evento que acontece neste sábado (24), em Las Vegas. Mas no card preliminar outro atleta tupiniquim subiu no octógono. O piauiense Francisco Massaranduba tinha uma missão difícil diante de Michael Chiesa e após três rounds ele acabou superado na decisão unânime dos juízes.

A luta

O combate entre Massaranduba e Chiesa começou estudado, com os dois atletas mantendo a distância sem entrar no raio de ação. O norte-americano evitava a troca franca de golpes e simulava alguns ataques de boxe para tentar a queda. Depois de acertar um chute na linha de cintura de Chiesa, Massaranduba teve seu melhor momento na luta, mas ele não conseguiu aproveitar. Após duas tentativas frustradas de queda, Chiesa, enfim, levou a disputa para o solo e abriu frente. Com tranquilidade ele passou a guarda, chegou a montada e castigou o brasileiro com vários socos por cima. O atleta tupiniquim apenas lutava para sobreviver ao arsenal de socos que vieram da montada até o final do round.

Na segunda parcial Massaranduba conseguiu começar melhor e após acertar o rosto do rival tentou encerrar a peleja com uma guilhotina, mas Chiesa conseguiu se livrar e, novamente ficou por cima na luta de solo. Na luta de chão, ele somou pontos e abriu vantagem.

A história dos dois rounds anteriores se repetiu no terceiro assalto. Michael Chiesa evitou a trocação, conseguiu a queda e trabalhou por cima. No final, Massaranduba ainda tentou encaixar uma chave de braço da guarda, mas o norte-americano conseguiu se livrar para vencer a disputa na decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26, 30×27).

Confira abaixo os resultados completos do card preliminar do UFC 173:

Michael Chiesa derrotou Francisco Massaranduba na decisão unânime dos juízes;

Tony Ferguson derrotou Katsunori Kikuno na nocaute técnico no R1;

Chris Holdsworth derrotou Chico Camus na decisão unânime dos juízes;

Mitch Clarke finalizou Al Iaquinta com um triângulo de mão no R2;

Vinc Pichel derrotou Anthony Njokuani na decisão unânime dos juízes;

Sam Sicilia derrotou Aaron Phillips na decisão unânime dos juízes;

Li Jiangliang derrotou David Michaud na decisão dividida dos juízes;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments