Conformado, Cormier foca em recuperar joelho e espera enfrentar Jones em 2015

Norte-americano diz que torcerá por atual campeão e descartou uma nova luta ainda em 2014

D. Cormier (foto) soma 15 vitórias e nenhuma derrota em sua carreira. Foto: Josh Hedges/UFC

D. Cormier (foto) soma 15 vitórias e nenhuma derrota em sua carreira. Foto: Josh Hedges/UFC

Daniel Cormier reagiu bem à notícia de que será Alexander Gustafsson, e não ele, que disputará a seguir o cinturão dos meio-pesados do UFC contra o atual campeão, Jon Jones. Em sua conta no Instagram, o norte-americano postou uma foto de uma sobremesa e afirmou que, a partir de agora, seu foco estará em recuperar um joelho lesionado.

No início da semana, em meio ao impasse sobre o próximo desafiante pelo título, Cormier chegou a afirmar que poderia adiar uma cirurgia no joelho caso recebesse a chance de enfrentar Jones. Porém, com a confirmação de que o sueco lutará com o campeão em setembro, Cormier descartou nova luta em 2014 espera poder lutar pelo título no ano que vem.

“Fiquei sabendo há pouco que Jones vai enfrentar Gustafsson de novo em setembro. Então, vou aproveitar esse brownie, passar um tempo com minha família e consertar o meu joelho. Tudo dará certo e nós seremos os campeões. Talvez eu levarei meus dois lindos bebês à Disney ou algo do tipo. Obrigado pelo apoio. Amo todos vocês”, escreveu o invicto lutador.

Pouco antes, em seu Twitter, Cormier afirmou que ficará na torcida por uma vitória de Jones, já que, caso ele se torne campeão em cima de seu compatriota, a conquista será ainda mais valiosa.

-Você realmente quer que “Bones” (apelido de Jones) vença?
– Sim, eu quero. Ele é o campeão reinante há um longo tempo. Significa mais poder enfrentá-lo pelo título.


– Qual é, DC, não espere até o ano que vem para lutar. Faça mais uma [luta]. Os fãs querem te ver pelo menos mais uma vez neste ano.
– Não.

Cormier, de 35 anos de idade, desceu para a categoria dos meio-pesados no início de 2014 e já conquistou duas vitórias: em fevereiro, derrotou Patrick Cummins por nocaute técnico logo no começo do primeiro round; em maio, finalizou o veterano Dan Henderson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments