Após sofrer fratura identica a de Anderson, Gustavo Coelho volta e vence por nocaute

Lutador esteve em ação, depois de 14 meses afastado, na luta principal do Brasil Fight 360º

G. Coelho (foto) comemora vitória em retorno ao MMA. Foto: Lucas Carrano / SUPER LUTAS

G. Coelho (foto) comemora vitória em retorno ao MMA. Foto: Lucas Carrano / SUPER LUTAS

Após 14 meses, Gustavo Coelho voltou ao MMA em grande estilo. O lutador, que havia fraturado a perna em uma luta ao tentar um chute baixo – lesão semelhante a que Anderson Silva sofreu – em março de 2013, mostrou que a lesão não atrapalhou seu retorno as competições. Em ação na luta principal do Brasil Fight 360º, evento realizado na noite da última sexta-feira (06), em Belo Horizonte, Coelho mostrou boa trocação para bater Lenadro Sete-Bala por nocaute técnico no segundo round.

A luta

Assim que o combate começou Gustavo Coelho mostrou que o longo tempo parado não fazia diferença. Ele encurtou a distância, acertou alguns socos e conseguiu levar a peleja para o chão. Especialista no jiu-jitsu, ele esteve perto de encaixar um estrangulamento, mas foi bem defendido.

No segundo round, porém, Gustavo conseguiu a vitória. Ele voltou melhor na trocação e acertou os melhores golpes. No chão, Coelho tentou finalizar com com um katagatame, mas sem sucesso. Ainda na luta de solo, depois de chegar a montada, o lutador mineiro conectou vários socos por cima até o árbitro decretar o nocaute técnico.

G. Coelho sofre fratura na perna. Foto: Reprodução/Youtube

G. Coelho sofre fratura na perna. Foto: Reprodução/Youtube

Fato inusitado no card preliminar

No card preliminar do evento, uma atitude chamou a atenção. Na terceira luta do programa, Wanderson Michel tentou finalizar Edipo Pow, que conseguiu se livrar da luta de solo, se levantou e partiu para o ataque. Depois de conectar um soco em cheio no rosto do rival, Pow tentou um chute quando Michel ainda estava no chão e o árbitro interrompeu a disputa.

Wanderson Michel precisou de atendimento médico mesmo o chute não tendo acertado em cheio. Após a autorização dos médicos a luta retornaria com o árbitro central descontando um ponto de Edipo pelo golpe ilegal. Neste momento, Pow, que lutava com a torcida contra, desistiu da luta por acreditar que seu golpe pudesse ter lesionado o adversário.

Confira abaixo os resultados do card principal do show:

Gustavo Coelho derrotou Leando Sete-Bala por nocaute técnico no R2;

Matheus Nicolau derrotou Pedro Kezen por nocaute no R1;

Carlos Soares derrotou Ramon Cyborg por decisão dividida dos juízes;

Pedro Curiri derrotou Filipe Havy por finalização no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments