Sem contrato com o UFC, Muñoz torce por renovação: ‘Espero que me aceitem de volta’

Norte-americano de ascendência filipina vem de três derrotas em seus últimos quatro combates e deve ser retirado de ranking oficial

Muñoz (foto) está sem contrato com o UFC. Foto: Divulgação/UFC

Muñoz (foto) está sem contrato com o UFC. Foto: Divulgação/UFC

Mark Muñoz passa por um momento delicado em sua carreira. Após perder para Gegard Mousasi no UFC Berlim, no dia 31 de maio, o que representou sua terceira derrota em suas últimas quatro lutas, o norte-americano de ascendência filipina confirmou que seu contrato com o Ultimate expirou, de modo que, no momento, o lutador está desempregado.

Muñoz afirmou que preferiu deixar que a negociação acontecesse após sua luta com Mousasi, para que, em caso de vitória, conseguisse as melhores condições contratuais. Porém, com a derrota por finalização no primeiro round, o lutador admite que sua situação é delicada.

“Eu queria ter o contrato mais favorável possível. Eu estava segurando até minha última luta. Se eu vencesse Mousasi, o que não aconteceu, provavelmente teria aumentado as minhas chances de conseguir as condições que eu queria”, explicou Muñoz, em entrevista ao site da emissora norte-americana ESPN. “Eu tinha toda a confiança de que eu bateria Mousasi. Não sei o que o futuro me aguarda, mas espero que o UFC me aceite de volta.”

Muñoz reiterou seu desejo em renovar o acordo com o UFC. “Eu sou o tipo de cara que quer ficar na maior organização. E eu tenho mulher e filhos, então quero algo que seja bom para minha família. Quero ficar no UFC e não há nenhuma outra organização pela qual eu quero lutar.”

Devido à sua situação contratual, Munõz deverá ser retirado do ranking oficial do UFC em sua próxima atualização – ele aparecia na nona posição até a semana passada. Além disso, o lutador confirmou que terá de ficar um tempo afastado para se recuperar de uma lesão no joelho, adquirida durante o combate com Mousasi.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments