Empresário defende atual postura de Jon Jones: ‘Ele está amadurecendo’

Malki Kawa diz que campeão dos meio-pesados está percebendo aos poucos que pode falar mais vezes o que realmente pensa

O próximo desafiante ao cinturão de J. Jones (foto) deve ser conhecido nesta quinta. Foto: Josh Hedges/UFC

Jones (foto) é o recordista de defesas de cinturão entre os meio-pesados no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Campeão dos meio-pesados do UFC e considerado o melhor lutador peso por peso do mundo, Jon Jones tem visto seu nome se envolver em algumas polêmicas nos últimos meses. Em sua luta contra Glover Teixeira, em abril, Jones recebeu críticas por colocar o dedo nos olhos do brasileiro; já na semana passada, o norte-americano foi questionado por pedir uma luta contra Daniel Cormier, e não contra Alexander Gustafsson, considerado o próximo da fila em uma luta pelo título.

As duas ocasiões fizeram com que Jones se manifestasse em vídeos que causaram controvérsia nas redes sociais. No episódio envolvendo Glover, Jones debochou da opinião de seus críticos, enquanto que, quanto à luta com Gustafsson, o campeão mostrou mais irritação. Tal postura por parte de Jones fez com que Cormier sugerisse que o lutador aceitasse de vez o papel de “bad boy”.

Porém, o empresário de Jones, Malki Kawa, não vê de forma negativa os recentes acontecimentos. Para ele, tudo isso é fruto do crescimento pessoal por parte do lutador. “Acho que o que está acontecendo é que Jones está amadurecendo. Ele está se sentindo mais confortável falando o que pensa, sem se preocupar com a imprensa ou outras pessoas”, disse Kawa, em entrevista ao podcast The MMA Hour.

“Houve vezes em que ele teve de segurar a língua e esconder o que sentia, mas ele percebeu que não há problemas em falar. Isso é o bacana em Jon Jones. Ele está aprendendo que não tem problema em falar mais o que pensa”, continuou Kawa.

Apesar de toda a controvérsia, a revanche entre Jones e Gustafsson foi oficializada para o dia 27 de setembro, em Toronto, no Canadá, no mesmo local em que os dois se enfrentaram pela primeira vez, em setembro de 2013. Na ocasião, Jones levou a melhor após cinco rounds de muito equilíbrio.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments