Com três lutas desde dezembro, Ronda quer férias após UFC 175

Paralelamente à carreira no UFC, musa também tem se dedicado ao cinema nos últimos meses

R. Rousey (foto) tem um cartel invicto de 9 vitórias. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Rousey (foto) tem um cartel invicto de 9 vitórias. Foto: Josh Hedges/UFC

Houve quem desconfiasse do sucesso das categorias femininas no UFC, inclusive o próprio presidente Dana White, mas as mulheres chegaram à principal organização de MMA do planeta e se estabeleceram de forma incontestável. A prova disso é que a campeã da categoria peso galo Ronda Rousey tem sido bastante requisitada e vai completar sua terceira luta desde dezembro do ano passado quando pisar no octógono no dia 5 de julho, quando põe seu cinturão em jogo contra a desafiante Alexis Davis no UFC 175. A musa, porém, já pensa em descansar após a extenuante maratona de combates.

“Eu sempre falo que vou dar uma parada. Realmente digo em todos os camps: ‘Cara, mal posso esperar para tirar umas férias’. E eu realmente preciso desta vez. Realmente acho que vou fazer isso desta vez. Acho que vou tirar férias em agosto. No fim de agosto, começo de setembro. Eu talvez até vá para algum lugar por tipo um mês só pra dar uma quebrada (na sequência de lutas). Estou constantemente em ação, parece que desde 2010”, disse a campeã em entrevista ao podcast “The Great MMA Debate”.

No entanto, Rousey tranquilizou os que possam pensar que este seja um sinal de que ela vá abandonar o esporte ou se afastar por tempo indeterminado, como fez o canadense Georges St. Pierre no fim do ano passado. “Vou derrotar Alexis, vou promover este filme (“Os Mercenários 3″, com Sylvester Stallone) e realmente vou tirar um tempo para descansar um pouco. Minha versão de tirar um pouco de tempo para descansar é muito diferente da de Georges St.Pierre, que é tão longo que ele precisa desistir do cinturão. Não pretendo tirar uma folga tão grande. Longo pra mim é provavelmente tipo um mês para fazer alguma outra coisa”, explicou.

Aos 27 anos, Ronda Rousey tem um cartel perfeito de nove vitórias. Desde que estreou no UFC, já como campeã da categoria peso galo feminina, em fevereiro de 2013, Ronda venceu as três lutas que realizou – contra Liz Carmouche, Miesha Tate e Sara McMann. No próximo dia 5 de julho, em Las Vegas (EUA), “Rowdy”, como é conhecida, põe seu título novamente em jogo contra a desafiante Alexis Davis. O duelo é a luta co-principal do UFC 175, que tem a disputa do cinturão dos médios entre Chris Weidman e Lyoto Machida como evento principal.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments