Em nota oficial, UFC diz que já sabia de segundo doping de Sonnen

Organização emitiu comunicado comentando o novo caso de doping do agora ex-lutador, e retirou seu apoio à Comissão Atlética de Nevada

C. Sonnen (foto) está agora aposentado do MMA profissional. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Sonnen (foto) está agora aposentado do MMA profissional. Foto: Josh Hedges/UFC

No último fim de semana, mais uma bomba caiu no caso Chael Sonnen. Após inúmeras idas e vindas e um episódio de doping que o retirou do card do UFC 175, que acontece no dia 5 de julho, o norte-americano voltou a ser flagrado pelo uso de substâncias ilegais em um exame surpresa. Diante do novo episódio de doping envolvendo Sonnen, a organização do Ultimate divulgou um comunicado oficial em que afirmou já ter ciência de que o treinador do TUF Brasil 3 teria falhado no novo teste.

“Com relação a Chael Sonnen, estávamos cientes de que um segundo teste aleatório havia sido realizado no início deste mês e resultou em um teste positivo para nova substâncias proibidas. Chael terá a oportunidade de ficar frente a frente com a Comissão Atlética de Nevada no próximo mês e, por meio de um comunicado divulgado para a mídia, ele prometeu cooperar. A nossa posição sobre o assunto continua a mesma. Apoiamos a Comissão e vamos continuar a trabalhar para garantir que todos os atletas do UFC atuem livres de qualquer drogas para melhorar o desempenho e substâncias proibidas”, diz a nota da organização, reproduzida pelo site “MMA Fighting”.

Já cortado do UFC 175 e oficialmente aposentado do MMA, Chael Sonnen foi flagrado em seu segundo antidoping em menos de um mês pelo uso de GH, o hormônio do crescimento, e eritropoietina. O hormônio de crescimento é um anabólico muito utilizados por fisiculturistas. Enquanto a eritropoietina atua no aumento da produção de células vermelhas do sangue, que carregam oxigênio para os músculos, aumentando assim a resistência e o vigor. No primeiro exame positivo, o lutador havia sido flagrado com HCG, anastrozol e clomifeno, que ele justificou o uso para combater impotência sexual decorrente do hipogonadismo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments