Derrotado por Johnson, Bagautinov cai no doping com mesma substância de Sonnen

Campeão dos moscas do UFC lamenta notícia, mas diz que ‘provou que não é preciso trapacear para ser campeão’

Bagautinov (detalhe azul na luva) foi derrotado por Johnson no UFC 174. Foto: Divulgação/UFC

Bagautinov (detalhe azul na luva) foi derrotado por Johnson no UFC 174. Foto: Divulgação/UFC

O UFC 174 definitivamente não foi um bom evento para Ali Bagautinov. O russo, que foi derrotado na luta principal da atração para Demetrious Johnson, válida pelo cinturão dos moscas, foi flagrado em um exame antidoping realizado antes do evento, no mês passado.

O lutador foi flagrado com eritropoietina, uma das substâncias que também estavam presentes no teste positivo de Chael Sonnen. Ela atua no aumento da produção de células vermelhas do sangue, que carregam oxigênio para os músculos, aumentando assim a resistência e o vigor.

A Comissão Atlética da Colúmbia Britânica, que inspecionou o evento, afirmou que Bagautinov somente pode competir no UFC 174 porque os resultados não estavam disponíveis antes do dia 14 de junho, data da atração.

Demetrious Johnson, vencedor no combate por decisão unânime, comentou o caso de doping de Bagautinov. “Estou decepcionado em saber que ele testou positivo por eritropoietina. É uma notícia triste, mas a moral da história é que eu provei que não é preciso trapacear para ser campeão. Tenho orgulho em ser um campeão limpo e acredito que o talento irá vencer as drogas toda vez, assim como aconteceu no mês passado”, disse, ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Com isso, Bagautinov recebeu uma suspensão de um ano. O lutador, de 29 anos de idade, já fez quatro lutas no UFC, com apenas uma derrota.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments