Miesha Tate salva a vida da sogra após ataque de asma em viagem

Lutadora do UFC estava com Bryan Caraway e sua mãe no México e ajudou a socorrê-la

B. Caraway (esq.) e M. Tate (dir.); casal viveu drama no México. Foto: Reprodução

B. Caraway (esq.) e M. Tate (dir.); casal viveu drama no México. Foto: Reprodução

Tinha tudo para ser uma viagem dos sonhos. Segundo o próprio lutador do UFC Bryan Caraway, a ida para o México com seus pais e a namorada Miesha Tate era a chance de retribuir todo o esforço que os familiares fizeram por ele a vida toda. Mas por pouco as férias em Cancún não se tornaram um grande pesadelo. Isso porque, durante um passeio de barco, a mãe de Caraway sofreu uma crise asmática e ficou perto da morte, sendo salva por Miesha – que interveio a tempo.

De acordo com relatos dos lutadores ao site “MMA Junkie”, a família aproveitava um passeio de barco, com direito a um mergulho no mar. Já ciente da condição respiratória, a mãe de Bryan havia levado dois inaladores, mas não percebeu que havia perdido o que carregava consigo. Então, ao nadar de volta para a embarcação juntamente com outros turistas, ela se sentiu muito mal devido ao esforço físico e perdeu os sentidos. Os guias da viagem até tentaram executar uma ressuscitação cardio pulmonar antes da chegada de Caraway e Miesha, mas não sabiam exatamente o que havia acometido a senhora.

“Quando chegamos, ela já estava completamente azul. Azul como em um desenho animado, pior do que nos filmes. Ela estava com os olhos arregalados, mas não respondia. A garganta estava completamente fechada. Foi a coisa mais assustadora que eu já vi. Eu não sabia o que fazer, nem sabia que aquilo era um ataque de asma”, revelou Bryan. Diante da situação, e da ineficiência de todas as tentativas anteriores, Tate tentou, em uma medida desesperada, fez uso de método de ressuscitação diferente.

“Do nada a Miesha pegou o inalador (reserva, que estava no barco) e, sem pensar no que poderia acontecer com ela, ela deu dez bombeadas dentro da própria boca e começou a fazer respiração boca a boca na minha mãe”, relatou o lutador, que já havia tentado fazer uso do inalador anteriormente, mas não teve sucesso já que a mãe não respirava. Diante da manobra de Miesha, a senhora voltou a respirar lentamente e recobrou os sentidos após alguns minutos, inclusive desculpando-se em espanhol pelo inconveniente.

“Foi um alívio. O fato de ela ter falado em espanhol, que definitivamente não é o idioma dela, e o fato de ela saber que estava no México e falar em espanhol para se desculpar nos fez saber que o cérebro dela provavelmente estava ok”, disse Miesha. Após o grande susto, a mãe de Caraway ficou hospitalizada por alguns dias para tratar uma pneumonia e algumas costelas quebradas, mas já deixou o hospital e voltou aos Estados Unidos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments