Alistair Overeem atribui suas duas derrotas no UFC à equipe Blackzilians

Holandês diz que, na equipe de Vitor Belfort e Rashad Evans, não dispunha dos melhores recursos para se preparar

Foto: Josh Hedges/UFC

Foto: Josh Hedges/UFC

Alistair Overeem voltou a criticar sua antiga academia, a Blackzilians, atribuindo à equipe suas duas derrotas sofridas no UFC, para Antônio Pezão e Travis Browne. O holandês, que teve uma saída conturbada do time, alegou que não dispunha dos melhores recursos de treinamentos e, por isso, sofreu ambas as derrotas.

PUBLICIDADE:

Situada na cidade de Boca Raton, no estado norte-americano da Flórida, a Blackzilians foi fundada em 2011 e conta com nomes de destaque no MMA internacional, como Vitor Belfort, Rashad Evans, Anthony Johnson e Eddie Alvarez. Overeem deixou a Blackzilians meses antes de seu combate contra Frank Mir, no UFC 169, realizando seu treinamento na Tailândia.

O ex-campeão do Strikeforce, que atualmente treina na academia de Greg Jackson, falou sobre o assunto ao site indiano “Sportskeeda”: “Eu realmente atribuo minhas derrotas à minha equipe da época, porque você precisa ter bons companheiros de sparring, bons treinadores que cuidam da preparação, do regime de treinamento. E eu acho que estava sem isso nas minhas duas derrotas”, opinou.

PUBLICIDADE:

A próxima luta de Overeem no UFC será no dia 5 de setembro, no UFC Fight Night 50, quando enfrentará Ben Rothwell.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário