Alistair Overeem atribui suas duas derrotas no UFC à equipe Blackzilians

Holandês diz que, na equipe de Vitor Belfort e Rashad Evans, não dispunha dos melhores recursos para se preparar

Foto: Josh Hedges/UFC

Foto: Josh Hedges/UFC

Alistair Overeem voltou a criticar sua antiga academia, a Blackzilians, atribuindo à equipe suas duas derrotas sofridas no UFC, para Antônio Pezão e Travis Browne. O holandês, que teve uma saída conturbada do time, alegou que não dispunha dos melhores recursos de treinamentos e, por isso, sofreu ambas as derrotas.

Situada na cidade de Boca Raton, no estado norte-americano da Flórida, a Blackzilians foi fundada em 2011 e conta com nomes de destaque no MMA internacional, como Vitor Belfort, Rashad Evans, Anthony Johnson e Eddie Alvarez. Overeem deixou a Blackzilians meses antes de seu combate contra Frank Mir, no UFC 169, realizando seu treinamento na Tailândia.

O ex-campeão do Strikeforce, que atualmente treina na academia de Greg Jackson, falou sobre o assunto ao site indiano “Sportskeeda”: “Eu realmente atribuo minhas derrotas à minha equipe da época, porque você precisa ter bons companheiros de sparring, bons treinadores que cuidam da preparação, do regime de treinamento. E eu acho que estava sem isso nas minhas duas derrotas”, opinou.

A próxima luta de Overeem no UFC será no dia 5 de setembro, no UFC Fight Night 50, quando enfrentará Ben Rothwell.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments