Roger Gracie assina contrato com organização asiática One FC e retorna ao MMA

Lutador de 32 anos de idade diz que irá conciliar lutas de MMA com competições de jiu-jitsu, onde já foi campeão mundial várias vezes

R. Gracie (foto). Foto: Josh Hedges/UFC

R. Gracie (foto). Foto: Josh Hedges/UFC

Roger Gracie está de volta ao MMA. O multicampeão mundial de jiu-jitsu anunciou que assinou contrato com a organização asiática One FC e deverá fazer sua estreia ainda este ano, retornando à divisão dos meio-pesados (até 93 kg).

Gracie, de 32 anos de idade, tem oito lutas profissionais de MMA em seu currículo, com seis vitórias e duas derrotas. Na última delas, em julho de 2013, fez sua única aparição pelo UFC, quando perdeu para Tim Kennedy na categoria dos médios (até 84 kg). Em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”, o faixa preta comentou o acordo e afirmou que irá conciliar as lutas de MMA com competições de jiu-jitsu.

“Eu tinha desistido de lutar MMA e decidi voltar ao jiu-jitsu, mas recebi essa oferta e mudei de ideia. Eu farei mais algumas lutas de MMA e ainda quero competir no jiu-jitsu. Pretendo fazer duas ou três lutas de MMA por ano. Completarei 33 anos em breve, então, sendo realista, eu não tenho muito tempo como atleta. Apenas alguns atletas extraordinários conseguem continuar competindo até os 40 anos, mas eu não me vejo lutando com essa idade. Acho que vou me aposentar com 36 ou 38”, explicou o brasileiro.

Com base em Cingapura, o One FC tem se estabelecido como a maior organização de MMA da Ásia, atraindo nomes como Ben Askren (ex-campeão do Bellator), Bibiano Fernandes (ex-campeão do DREAM), James McSweeney (ex-UFC) e Shinya Aoki (ex-campeão do DREAM). Atualmente, o cinturão da categoria dos meio-pesados está vago.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments