Adiamento de Jones x Cormier irrita Gustafsson: ‘Essa luta era minha e eu a quero’

Sueco também ironizou a promoção da luta pelo cinturão por meio de uma briga e lembrou seu duelo contra o campeão em 2013

A. Gustafsson (foto) não gostou da opção do UFC por adiar Jones x Cormier. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Gustafsson (foto) não gostou da opção do UFC por adiar Jones x Cormier. Foto: Josh Hedges/UFC

Após toda a série de polêmicas que esquentaram ainda mais o clima para o duelo pelo cinturão dos meio-pesados, o público agora vai ter que esperar até 2015 para ver Jon Jones x Daniel Cormier, devido ao adiamento da luta que aconteceria em setembro por uma lesão do campeão. Mas uma pessoa em especial ficou ainda mais desgostosa com essa notícia: Alexander Gustafsson. Escalado originalmente para enfrentar Jones no dia 27 de setembro, mas substituído por Cormier após se machucar nos treinos, o sueco veio a público reclamar da decisão de transferir o mesmo combate e não lhe conceder de volta a condição de desafiante.

“Eu acabei de ouvir a notícia de que o Jones está machucado e a luta foi remarcada para 3 de janeiro??? Até lá, eu vou estar mais do que pronto. Essa era a MINHA luta em primeiro lugar e EU QUERO essa luta como desafiante número um. Fim de história”, publicou Gustafsson em seu perfil oficial no Facebook, juntamente com uma foto em que aparece encarando o campeão em seu primeiro encontro – realizado em setembro do ano passado e premiado como a “Luta do ano de 2013”.

Não satisfeito com o desabafo, o sueco fez outra publicação, desta vez no Instagram, questionando os critérios para a escolha de quem seria o próximo adversário do campeão. “Aparentemente, o UFC pensa que agir feito palhaço em uma coletiva de imprensa vai gerar mais publicidade para uma luta do que fazer a luta do século. Isso é ridículo!”, disparou Gustafsson, que desta vez optou por ilustrar o texto com a foto icônica de seu encontro com Jones no hospital após a batalha do UFC 165.

Após muita expectativa pela forma como transcorreu o primeiro embate entre os dois, Alexander Gustafsson e Jon Jones voltariam a se enfrentar no UFC 178, marcado para 27 de setembro. Mas o sueco se machucou e deu lugar a Daniel Cormier, que em pouco mais de duas semanas do anúncio brigou com o campeão em público, ouviu ameaças nos bastidores e trocou ofensas e mais ofensas com o rival via mídia. Com a lesão de Jones, o acerto de contas da dupla agora ficou marcado para o dia 3 de janeiro, no UFC 182. Já o UFC 178 recebeu uma nova luta principal, com o combate pelo cinturão dos moscas entre Demetrious Johnson e Chris Cariaso.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments