Lutador cai no doping com substância anabolizante e é demitido do UFC

Mike King, que perdeu para Cathal Pendred em julho, foi flagrado com nandrolona após o combate

King (foto) foi demitido do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

King (foto) foi demitido do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Mais um caso de doping aparece no MMA. O UFC anunciou, nesta quarta-feira (13), que o peso médio Mike King testou positivo após sua derrota para Cathal Pendred no UFC Fight Night 46, em julho, e foi demitido da organização.

King, derrotado no combate por finalização, foi flagrado com nandrolona, uma substância anabolizante. Além de perder o emprego, o norte-americano recebeu uma suspensão de nove meses e teve de devolver os US$ 50 mil que recebeu como prêmio de “Luta da Noite” do evento, realizado em Dublin, na Irlanda.

Em comunicado, o lutador admitiu o ocorrido e disse que tentará fazer de tudo para voltar à organização. “Eu assumo total responsabilidade por meus atos e decisões e não dou nenhuma desculpa. Queria me desculpar ao meu oponente e amigo Cathal Pendred, ao UFC, Dana White, Lorenzo Fertitta, técnicos, companheiros de equipe, empresários, amigos, família, e, acima de tudo, meus fãs. Acredito no poder da redenção e em segundas chances. Vou trabalhar de forma incansável para provar que sou uma pessoa digna de confiança, que merece a honra de competir no nível mais alto do esporte que amo”, disse o lutador.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments