‘Mal posso esperar para socar José Aldo na boca’, diz Mendes após empurrão

Desafiante também disse que atitude do rival é o primeiro passo para sua vitória no UFC Rio 5

C. Mendes (dir.) enfrenta J. Aldo (edq.) em outubro. Foto: Reprodução/Twitter

C. Mendes (dir.) enfrenta J. Aldo (edq.) em outubro. Foto: Reprodução/Twitter

O primeiro contato corpo a corpo entre José Aldo e Chad Mendes, durante evento promocional do UFC Rio 5 neste terça-feira (26), por pouco não se tornou uma prévia do evento. Durante uma encarada, os lutadores colaram o nariz e o brasileiro empurrou o rival, sendo contido por seguranças logo em seguida. Após o incidente no Maracanã, Mendes comentou o episódio e se disse ansioso para dividir o octógono novamente com o rival em outubro.

“A mer** pegou fogo hoje. Mal posso esperar para socar esse cara bem no meio da sua boca”, escreveu o norte-americano em seu perfil oficial do Instagram.

Mais cedo, ainda durante o evento promocional, Chad Mendes já havia falado sobre como considerava o ato do rival uma vitória pessoal. “Ele nunca foi agressivo com nenhum outro lutador, nunca colou o rosto em ninguém, vocês viram como foi hoje. Já estou ganhando essa batalha. Vou continuar fazendo o que estou fazendo, tenho o caminho para derrotá-lo. Na minha cabeça, está um a zero para mim”, comentou aos jornalistas presentes.

O desafiante também disse que realmente não há simpatia entre Aldo e ele e reclamou bastante das acusações feitas pelo brasileiro, que questionou os “suplementos” tomados pelo rival. “Ele não gosta de mim e eu não gosto desse cara. É assim mesmo, é parte do esporte às vezes. Mas para ele dizer publicamente as coisas que disse, acho que é muito rude e desnecessário e não há provas para nada disso. Não sei de onde ele tirou essas coisas, mas o que eu disse foi que ele se lesiona muito. Isso é algo comprovado, não é nada falso. Acontece o tempo todo”, concluiu.

No dia 25 de outubro, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ), Chad Mendes e José Aldo disputam o cinturão dos penas na luta principal do UFC 179, também conhecido como UFC Rio 5. Na luta co-principal da noite, o brasileiro Glover Teixeira busca se recuperar após a derrota para Jon Jones em fevereiro e enfrenta o norte-americano Phil Davis.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments