Aldo confessa que empurrou Mendes para promover luta do UFC 179

Brasileiro diz ter tentado ‘apimentar’ rivalidade com norte-americano, mas não gostou do resultado: ‘Não vai acontecer de novo’

Aldo e Mendes se encaram em evento promocional do UFC 179. Foto: Reprodução/YouTube

Aldo e Mendes se encaram em evento promocional do UFC 179. Foto: Reprodução/YouTube

A encarada entre José Aldo e Chad Mendes realizada em um evento promocional na última terça-feira (26) pegou fogo no Rio de Janeiro (RJ). O brasileiro, campeão dos penas do UFC, empurrou seu desafiante e precisou ser contido por seguranças logo em seguida. O episódio chamou a atenção, mas Aldo admitiu que o lance foi premeditado a fim de promover ainda mais o combate, que será a atração principal do UFC 179, no dia 25 de outubro.

Aldo revelou que, junto de seu treinador principal, Dedé Pederneiras, havia bolado uma estratégia para “apimentar” as coisas com Mendes, mas que não gostou do resultado, já que isso não representa sua real personalidade. “Estávamos conversando com o Dedé em uma reunião sobre como poderíamos melhorar a promoção das nossas lutas. Faz parte do show. Mas eu falei para o Dedé depois que não é meu estilo. Não foi armado, nós estávamos trocando provocações e isso aconteceu. Nós tentamos apimentar um pouco as coisas, mas é isso”, disse Aldo em entrevista coletiva, em trecho reproduzido pelo site norte-americano “MMA Fighting”.

O brasileiro afirmou que, apesar de não se arrepender do ocorrido, vai fazer o máximo para evitar que isso não aconteça novamente. “Eu nunca tinha empurrado ninguém antes durante uma encarada. Eu deveria ter me comportado melhor. Não estou dizendo que me arrependo – foi algo que fez as pessoas comentarem sobre isso, mas não é quem eu sou. Isso não vai acontecer de novo.”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments