Quadro se agrava e Demian Maia é diagnosticado com infecção óssea

Segundo jornal UFC Tonight, brasileiro passará por um tratamento de aproximadamente seis semanas para cuidar de uma osteomielite

Infecção no ombro tem deixado D. Maia (foto) fora de combate. Foto: Josh Hedges/UFC

Infecção no ombro tem deixado D. Maia (foto) fora de combate. Foto: Josh Hedges/UFC

Cortado da luta contra Mike Pyle no UFC Fight Night 49, realizado no último dia 23 de agosto, devido a uma infecção por estafilococos no ombro direito, o peso meio-médio brasileiro Demian Maia viu seu quadro se agravar e agora foi diagnosticado com osteomielite, uma infecção óssea de origem bacteriana.

A informação foi divulgada pelo UFC Tonight, jornal oficial da organização na TV norte-americana. Segundo o noticiário, o empresário de Demian, Eduardo Alonso, revelou que o lutador vai passar por um tratamento de aproximadamente seis semanas a base de antibióticos intravenosos.

Atualmente, Demian já se encontra em casa, após a inserção de um cateter no seu braço. O atleta recebe a visita de uma enfermeira duas vezes por dia para avaliar sua condição e medicá-lo. Após o tratamento com os antibióticos, Maia será reavaliado pelos médicos, que só então poderão determinar quanto tempo ele ficará sem treinar ou lutar.

Aos 36 anos, Demian Maia tem um cartel profissional de 19 vitórias e seis derrotas. Multicampeão mundial de jiu-jitsu e ex-desafiante ao cinturão dos médios do UFC, Demian pisou no octógono pela última vez no dia 31 de maio, quando venceu o russo Alexander Yakovlev em luta realizada no card principal do TUF Brasil 3 Final, em São Paulo (SP).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments