Renan Barão passa mal durante corte de peso e está fora do UFC 177

Brasileiro foi hospitalizado após desmaiar no hotel; Joe Soto, que lutaria no card preliminar da noite, é o novo desafiante ao cinturão dos galos

Barão foi cortado do UFC 177 na véspera do evento. Foto: Josh Hedges/UFC

Barão foi cortado do UFC 177 na véspera do evento. Foto: Josh Hedges/UFC

Renan Barão está fora do UFC 177. O brasileiro passou mal durante o corte de peso para a luta contra TJ Dillashaw, que aconteceria neste sábado (30), e não vai mais lutar pelo cinturão. Barão foi hospitalizado após desmaiar durante a tarde em Sacramento (EUA) e não tem condições de atuar.

LEIA TAMBÉM:
Sem Barão, brasileira rouba cena na pesagem com lingerie
Por razões médicas, medalhista olímpico deixa o card do UFC 177
UFC irá promover evento em Brasília com musa da organização
Lyoto x Rockhold pode acontecer no Brasil

Barão estava na banheira em meio ao processo de corte de peso e sentiu-se mal. Ao tentar se levantar, o potiguar sentiu uma tontura e caiu. Renan chegando a bater a cabeça e perder os sentidos momentaneamente antes de ser encaminhado para o hospital. Além do ferimento na cabeça e a preocupação com sua condição após o incidente, o fato de ter recebido soro na veia durante o tratamento também impossibilitaria que o brasileiro cortasse o peso necessário.

Este é o segundo corte de um atleta do UFC 177 devido a problemas com corte de peso nesta sexta-feira (29). Mais cedo, o norte-americano Henry Cejudo também não reagiu bem ao processo e acabou retirado da programação. Cejudo enfrentaria Scott Jorgensen no card preliminar, mas a luta foi cancelada.

Substituto de Barão vem do card preliminar

Para o lugar de Renan Barão, o UFC agiu rápido e escalou outro peso galo presente no mesmo card: Joe Soto. O ex-campeão do Bellator faria sua estreia no octógono neste sábado contra Anthony Birchak no card preliminar, mas foi promovido à condição de desafiante poucas horas antes da pesagem oficial. Com isso, a programação da noite conta agora somente com oito lutas.

Os problemas médicos com Cejudo e Barão foram apenas o último capítulo da conturbada história do UFC 177. O evento passou por diversas alterações em seu card, entre elas a mudança do antigo evento co-principal entre Demetrious Johnson e Chris Cariaso para o UFC 178, e já sucedeu um evento que acabou cancelado, o UFC 176 – que teria José Aldo x Chad Mendes como luta principal.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments