Dana White recua e se mostra aberto a assinar com invicto meio-médio Ben Askren

Presidente do UFC garante que desentendimento com norte-americano no passado não seria empecilho

B. Askren (foto) segue invicto no MMA. Foto: Bellator/Divulgação

B. Askren (foto) segue invicto no MMA. Foto: Bellator/Divulgação

Recentemente coroado como campeão dos meio-médios do evento asiático ONE FC, Ben Askren pode enfim estar mais próximo de receber a tão aguardada chance para lutar no UFC. De acordo com o presidente da maior organização de MMA do mundo, Dana White, o invicto norte-americano poderá ser contratado caso dê continuidade à sequência de vitórias, que já chegou a 14.

No ano passado, Askren deixou o Bellator, organização da qual era o campeão, para tentar assinar contrato com o UFC. No entanto, após o fracasso das negociações, coube ao atleta se juntar ao ONE FC, tendo já feito duas lutas desde então: em Cingapura, finalizou Bakhtlyar Abbasov, e, na última sexta-feira (29), em Abu Dhabi, nocauteou Nobutatsu Suzuki para se tornar campeão.

“Se ele continuar vencendo, ele pode receber uma chance aqui”, disse White, em entrevista coletiva após o UFC 177. O dirigente também afirmou que os desentendimentos públicos entre ele e Askren não deverão ser um empecilho à sua entrada no Ultimate. “Ben Askren falou um monte de m**** quando saiu, mas eu não me importo com isso. Vamos ver como o garoto luta. Eu guardo rancor sim se você é um idiota. Eu guardo rancor até o dia que eu morrer. Mas eu não faço isso com lutadores. Esses caras são diferentes de todo mundo. Eles são durões, é isso que eles fazem para viver. Se Tito Ortiz voltou ao UFC, qualquer um pode entrar. Confie em mim, não há ninguém na Terra que eu odiava mais do que Tito. E Tito voltou. Então, vamos ver”, concluiu Dana.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments