Para comentarista do UFC, Jon Jones é criticado e impopular por racismo

Joe Rogan comentou o assunto em seu podcast e condenou o comportamento do público com o campeão dos meio-pesados

Joe Rogan (dir.) saiu em defesa de J. Jones (esq.). Foto: Josh Hedges/UFC

Joe Rogan (dir.) saiu em defesa de J. Jones (esq.). Foto: Josh Hedges/UFC

Nas últimas semanas, especialmente devido ao episódio envolvendo a torcedora do Grêmio e o goleiro Aranha durante partida da Copa do Brasil, o racismo no esporte tem sido pauta constante no debate público brasileiro. O tema tem sido recorrente na imprensa, no dia a dia político e nas conversas. Mas não é só no Brasil que o assunto está em voga. Em seu podcast pessoal, o comentarista oficial do UFC Joe Rogan levantou a questão nos Estados Unidos ao falar sobre a relativa impopularidade de Jon Jones e do excesso de críticas direcionadas ao campeão dos meio-pesados e atual número um no ranking peso por peso.

“Eu não sei por que o Jon (Jones) não é mais amado e popular do que ele realmente é. Eu não entendo. Na minha opinião, eu jamais perderia um maldito pay-per-view com o Jon Jones. Eu ouço as pessoas dizerem: ‘Oh, ele é convencido. Ele é isso e aquilo’. Eu fico me perguntando que mer** está acontecendo e eu vou por isso pra fora, eu digo: eu me pergunto o quanto disso não é por racismo. Eu realmente me pergunto”, questionou o comentarista durante o programa “Joe Rogan’s Experience”.

“Sabe por quê?”, continuou Rogan. “Por que eu acho que eles olham para ele como um negro arrogante e várias pessoas têm problemas com isso. Eu acho que se ele fosse um cara branco e fizesse a mesma coisa, à la Chael Sonnen, então ele seria bem mais popular. Chael nunca foi tão bem sucedido como atleta quanto o Jon é, mas eu acho que o Chael é tem bem mais sucesso como promotor do que o Jon. Jon nunca foi tão convencido e arrogante como o Chael era”, completou.

Por fim, Rogan admitiu que pode receber críticas do público por sua opinião, mas manteve-se firme em suas convicções. “Eu provavelmente vou receber uma grande quantidade de críticas da ‘raça ariana’, irados comigo por defender o Jon Jones, ‘o negro convencido’. Eu realmente acho que existe algo aí. Creio que as pessoas querem que um cara que é fisicamente privilegiado, jovem, impetuoso, negro e rico tenha mais humildade, ou falsa humildade, por assim dizer”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments