Sem lutar desde março, Johny Hendricks deve voltar somente em fevereiro de 2015

Agente do campeão, Ted Ehrhardt, disse que ele está recuperado, mas não vê eventos disponíveis para preencher com sua próxima luta

Agente de Hendricks (foto) não crê que o atleta volte ainda em 2014. Foto: Divulgação/UFC

Agente de Hendricks (foto) não crê que o atleta volte ainda em 2014. Foto: Divulgação/UFC

A segunda quinzena de março foi marcada por sentimentos distintos para Johny Hendricks. Após conquistar o cinturão dos meio-médios no dia 15 daquele mês, o novo campeão passou por uma cirurgia no bíceps e está fora de combate desde então. Com as vagas em todos os principais eventos do Ultimate preenchidas até o fim de janeiro do próximo ano, o empresário de Hendricks, Ted Ehrhardt, acredita que seu atleta só deve retornar em fevereiro de 2015, quando completará 11 meses sem pisar no octógono.

“A última coisa que o UFC queria era começar a promover uma luta e ter de adiá-la se o Johny tivesse uma reincidência. Ele já passou bem desse ponto agora, mas a programação está cheia. Ele é um lutador de evento principal e todos os eventos principais estão ocupados. Parece que ele vai lutar em algum momento de fevereiro”, disse Ehrhardt, em entrevista ao site do canal norte-americano “ESPN”.

Aos 31 anos, Johny Hendricks tem um cartel profissional de 12 vitórias e duas derrotas. “Big Rigg” como é conhecido, deve enfrentar Robbie Lawler em sua volta ao octógono. Lawler foi justamente o adversário batido por Hendricks na conquista do título dos meio-médios, mas conquistou o direito de revanche após vencer Matt Brown.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments