Kennedy prevê que Belfort será ‘morto’ sem esteroides: ‘Ele está menor e mais gordo’

Norte-americano volta a criticar e diz que brasileiro perderá rendimento sem o seu ‘suquinho mágico’

T. Kennedy (foto) tem três vitórias em três lutas no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

T. Kennedy (foto) tem três vitórias em três lutas no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Mesmo que Vitor Belfort tenha sido liberado pela Comissão de Nevada para disputar o cinturão dos médios do UFC contra Chris Weidman, as críticas continuam sendo feitas contra o lutador brasileiro. Tim Kennedy, crítico assíduo do “Fenômeno”, voltou a opinar sobre a situação do lutador, a quem prevê uma queda de rendimento com o aumento da fiscalização antidoping.

Segundo Kennedy, Belfort irá se prejudicar com o fato de a Comissão realizar testes aleatórios no brasileiro até a data do combate. “Existe 30% de chance de Belfort não aparecer e 45% de chance de ele testar positivo ou se machucar. Então, há 25% de chance de ele aparecer na luta. Se ele conseguir, isso significa que ele não usou [substâncias proibidas], porque ele está sendo testado. Então, ele será morto. Se ele não conseguir lutar, é porque ele percebeu que não tem chance sem o seu suquinho mágico”, opinou Kennedy, em entrevista coletiva reproduzida pelo site norte-americano “MMA Fighting”.

Kennedy afirma já ter visto mudanças na forma física de Belfort. “Ele está menor e mais gordo. Adivinhe só? Esteroides funcionam. Você quer ficar com a aparência que Vitor tinha há dois anos? Use esteroides. Você quer ter a mesma performance que ele tinha? Use esteroides. Eles são incríveis. Se você quer ficar com a aparência atual de Vitor, não use esteroides e tente competir com caras como nós que trabalham duro”, encerrou.

Kennedy voltará ao octógono do UFC neste sábado (27), quando enfrentará Yoel Romero no UFC 178. Já Belfort faria luta contra Weidman em dezembro, mas uma lesão do campeão obrigou o adiamento da disputa pelo cinturão a uma data futura, provavelmente em fevereiro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments