Suspenso do UFC, Anthony Johnson tem novo caso de agressão divulgado

Dana White afirma que episódios provocaram o cancelamento de luta de ‘Rumble’ contra Gustafsson, que já estava acertada

Johnson (foto) está suspenso pelo UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Johnson (foto) está suspenso pelo UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Anthony Johnson viu mais um caso de violência envolvendo seu nome vir à tona, sendo que desta vez a acusação partiu de sua ex-namorada da cidade de Boca Raton, na Flórida (EUA), onde treina atualmente com a equipe Blackzilians.

Na semana passada, “Rumble”, quinto colocado no ranking dos meio-pesados do UFC, recebeu um gancho da organização norte-americana após a mãe de seus dois filhos prestar queixa por uma agressão ocorrida em 2012. Na ocasião, o lutador teria dado socos na mulher até ela perder a consciência, quebrando dois de seus dentes, além de enviar mensagens de celular a ameaçando.

A nova agressão teria acontecido em março deste ano. Segundo a ex-namorada, Johnson a agarrou pelo pescoço e pelo braço, causando hematomas no antebraço direito e um arranhão próximo de sua clavícula. Ainda segundo ela, Johnson apareceu em seu local de trabalho 15 vezes em três meses, apesar de o relacionamento dos dois ter acabado em 2012.

O presidente do UFC, Dana White, afirmou que decidiu por suspender o atleta, e não demiti-lo, a fim de apurar a veracidade das acusações. White também revelou que, antes de os casos virem à tona, Johnson já tinha acertado uma luta contra Alexander Gustafsson para dezembro, que seria a atração principal do UFC on FOX 13. “A luta estava fechada. Seria na FOX, mas agora não vai haver luta”, disse o dirigente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments