Lutador tem que nocautear rival duas vezes para vencer a luta. Assista!

Gafe aconteceu durante o evento amador galês Shinobi, na vitória do islandês Birgir Tomasson sobre Bobby Pallett

Um nocaute não foi suficiente para terminar a luta. Foto: Reprodução

Um nocaute não foi suficiente para terminar a luta. Foto: Reprodução

A principal função do árbitro central em uma luta de MMA é proteger a integridade física dos atletas envolvidos no combate. Porém, como em qualquer atividade do nosso dia a dia, nem todos exercem seus papéis da melhor maneira possível e o resultado pode ser desastroso. Durante a luta entre Bobby Pallett e Birgir Tomasson no evento Shinobi War 3, realizado no País de Gales, a omissão do juíz certamente custou caro para Pallett.

O atleta da casa tomou uma sequência potente do rival no último round e foi à lona, caindo desacordado. Porém, diante da não intervenção do árbitro central, o islandês Birgir Tomasson continuou desferindo golpes no adversário. A omissão do juíz foi tamanha, que Pallett teve tempo suficiente para se levantar outra vez e sofrer um novo nocaute. Desta vez, no entanto, a luta foi finalmente interrompida.

Confira abaixo o vídeo dos dois nocautes de Tomasson sobre Birgir:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments