Thiago Tavares tem quase 8 mil votos, mas não é eleito deputado em SC

Em sua primeira eleição, peso pena do UFC foi candidato a deputado estadual pelo PC do B

T. Tavares ficou como suplente de sua coligação na Assembleia. Foto: Reprodução

T. Tavares ficou como suplente de sua coligação na Assembleia. Foto: Reprodução

Terminou sem sucesso a primeira experiência do peso pena do UFC Thiago Tavares no universo da política. Candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Thiago teve quase 8 mil votos neste domingo (05), mas o número foi insuficiente para elegê-lo como um dos 40 deputados estaduais catarinenses.

Candidato pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B), Thiago Tavares teve ao todo 7.980 votos, ou 0,23% do total de votos válidos para deputado estadual em Santa Catarina. Com a soma, Thiago ficou como nono candidato mais votado de sua coligação e garantiu-se como sétimo suplente, o que lhe concederia uma cadeira na Assembleia somente em caso de uma improvável inviabilidade de um dos dois titulares e dos seis primeiros suplentes de assumirem o posto.

Se no pleito eleitoral Thiago Tavares não êxito, dentro do octógono o catarinense vive melhor momento. Aos 29 anos, Thiago tem um cartel profissional de 19 vitórias, cinco derrotas e um empate. O brasileiro vem de duas vitórias consecutivas e no último dia 16 de agosto estrou com vitória sobre Robbie Peralta  na categoria peso pena, com limite de peso até 66 kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments