Homem-Aranha, gordinho, caminhão e urso: conheça a infância de lutadores de MMA

Em comemoração ao Dia das Crianças, o SUPER LUTAS relembra histórias de Anderson, Wand e Minotauro

A. Silva e Homem-Aranha. Dá para confundir? Foto: Produção MMA Press

A. Silva e Homem-Aranha. Dá para confundir? Foto: Produção MMA Press

Anderson Silva, um dos grandes nomes da história do UFC, é conhecido mundialmente pelo apelido de “Spider” (aranha). O que poucos sabem é que a alcunha foi dada por conta de uma paixão que o lutador nutre desde os tempos de criança pelo super-herói Homem Aranha.

ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS
– Criança, Vitor Miranda por pouco não optou pelo basquete
– Fabio Maldonado só queria ser Rocky Balboa na infância

Anderson conta que, quando criança, a admiração pelo herói era tanta que, em determinado momento, ele realmente achava ser o próprio Homem-Aranha. “Quando eu era garoto, ganhei de presente da minha tia a fantasia do Homem-Aranha. Eu colocava a fantasia por debaixo do uniforme da escola e, na hora do recreio, eu ficava o tempo todo brincando e ninguém me chamava pelo meu nome porque eu ficava bravo. Eu achava que eu era mesmo o Homem-Aranha”, relembra Anderson, em entrevista ao portal “UOL”, em 2011.

Anos mais tarde, já como lutador de MMA, Anderson detalha o episódio que resultou na criação do apelido. “Eu fui lutar no Japão e no dia da minha segunda luta, a apresentadora do evento me viu com uma camiseta do Homem-Aranha e disse que eu era parecido com ele. À noite, na hora do combate, ela me anunciou assim: ‘From Brazil, Anderson – The Spider – Silva’…e foi ela quem colocou esse apelido”, contou.

De gordinho a Cachorro Louco

Gordinho, Wand queria fazer sucesso entre as meninas. Foto: Reprodução

Gordinho, Wand queria fazer sucesso entre as meninas. Foto: Reprodução

Wanderlei Silva se interessou por artes marciais desde muito cedo em sua vida. Contudo, o que despertou sua atenção não foi sua admiração por lutas em si, mas sim a oportunidade de ficar em forma e chamar a atenção das garotas durante sua pré-adolescência.

“Com 13 anos eu era gordinho, eu era bem gordinho. Eu era gordinho, feio e pobre, e eu não sabia por que as menininhas não olhavam para mim na escola! Meus amigos tudo dando beijinho nas meninas na escola e eu nada! Eu queria namorar com as menininhas, mas elas nada para mim. Aí meu irmão começou a fazer musculação, começou a ficar fortão, e eu falei ‘poxa, o rosto eu não vou conseguir mudar, mas o corpo eu posso dar uma mudada’. E deu certo”, brincou o lutador, em entrevista ao programa “De Frente com Gabi”, em 2013.

Anos mais tarde, o ex-gordinho iniciou sua carreira no MMA e se tornou um dos lutadores mais idolatrados mundo afora.

O atropelamento que transformou Minotauro

Irmãos Nogueira tiveram infância dramática com atropelamento de Rodrigo. Foto: Reprodução

Irmãos Nogueira tiveram infância dramática com atropelamento de Rodrigo. Foto: Reprodução

Um episódio de infância também influenciou outro grande nome da história do MMA a iniciar sua trajetória no mundo das lutas. Mas, no caso de Rodrigo Minotauro, a história é cercada de drama e sofrimento.

Aos 11 anos de idade, enquanto brincava em uma festa de aniversário em Vitória da Conquista, na Bahia, o jovem Rodrigo foi atropelado por um caminhão que trabalhava nas obras de uma casa vizinha. Minotauro pulou em um monte de areia e se afundou, não conseguindo levantar-se. O caminhão passou por cima do monte e esmagou Rodrigo, que foi encaminhado rapidamente ao hospital.

Durante cirurgia, constatou-se que Minotauro havia quebrado várias costelas e alguns órgãos haviam sido perfurados, incluindo fígado, pulmão e rins. As pernas também foram severamente danificadas, de modo que os prognósticos não eram positivos no que diz respeito à recuperação de Minotauro.

No entanto, cinco meses após o ocorrido, Rodrigo recebeu alta do hospital, e, por indicação dos médicos, voltou a treinar judô de forma intensa a fim de melhorar o condicionamento físico prejudicado com o atropelamento. O resto virou história: Minotauro se especializou em outras artes marciais, se tornou campeão do PRIDE e UFC e hoje é tido como um dos maiores nomes da história do MMA.

Treinando wrestling com um… urso?

Um dos vídeos mais assistidos pelos fãs de MMA neste ano foi o de Khabib Nurmagomedov, segundo colocado no ranking dos leves do UFC, treinando wrestling com um urso em sua infância.

Nurmagomedov tinha nove anos na época e disse que pouco se lembrava do episódio. No entanto, o lutador postou recentemente um novo vídeo no qual treina com um urso e brincou: “Reencontrando um velho amigo de infância.”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments