Pai de Mayweather diz que luta contra Pacquiao ‘definitivamente vai acontecer’

Declaração vem a público pouco depois do promotor do filipino dizer que o duelo pode acontecer no início de 2015

Mayweather (esq.) x Pacquiao (dir.) é um dos duelos mais aguardados do boxe. Foto: Reprodução

Mayweather (esq.) x Pacquiao (dir.) é um dos duelos mais aguardados do boxe. Foto: Reprodução

Uma das novelas mais longas do boxe mundial, a realização da superluta entre os Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao, pode finalmente ter um desfecho positivo. Quem garante é Floyd Mayweather Sr., pai do invicto pugilista norte-americano. Em entrevista, o Mayweather disse que não chegou a conversar com o filho sobre o assunto, mas garantiu que a dupla vai protagonizar “a maior luta já realizada”.

PUBLICIDADE:

“Eu estou seguro que ele vai pegar o Pacquiao, isso vai acontecer. Essa luta vai acontecer. Acredite em mim. Essa luta definitivamente vai acontecer. Essa é a luta pelo mundo, cara, bem aqui. É a maior luta já realizada na vida, então, como eu te disse, essa luta vai acontecer. Eu estou te dizendo agora, ele nunca me falou que a luta vai acontecer, mas eu estou te dizendo, ela vai acontecer. Marque minhas palavras”, disse o pai do pugilista ao site “Fight Hype”.

A declaração do pai de Mayweather vai ao encontro do que tem sido dito pela equipe de Pacquiao. Há alguns dias, o promotor do lutador filipino, Bob Arum, declarou que é provável que a luta seja realizada nos primeiros meses de 2015. Apesar das declarações em conformidade com a realização do combate de ambos os lados, as negociações para a concretização da superluta não avançaram oficialmente.

PUBLICIDADE:

Floyd Mayweather Jr., de 37 anos, tem um cartel profissional no boxe de 47 vitórias. Já Manny Pacquiao, de 35 anos, possui um retrospecto profissional de 56 vitórias, cinco derrotas e dois empates. Dois dos maiores nomes do pugilismo nos últimos anos, “Money” e “Pacman”, como são conhecidos, sempre se viram em meio à fortes especulações sobre uma hipotética superluta entre eles, mas o duelo nunca saiu do papel e perdeu força depois das duas recentes derrotas do filipino – para Timothy Bradley e Juan Manuel Márquez. Porém, o burburinho voltou a se intensificar diante da iminente aposentadoria de Mayweather, que já anunciou que só fará mais duas lutas antes de pendurar as luvas.

Podcast #41: José Aldo de volta ao topo + Charles do Bronx e Amanda Nunes no UFC 269

Comentários

Deixe um comentário