Charles do Bronx explica porque aceitou enfrentar Arman Tsarukyan no UFC 300

O ex-campeão dos leves admitiu que não quis esperar Islam Makhachev se recuperar da suposta lesão e que preferiu aceitar um novo adversário para poder se manter ativo

Charles do Bronx é estrela brasileira no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Quando Dana White anunciou que Charles do Bronx enfrentaria Arman Tsarukyan no UFC 300, os fãs brasileiros reclamaram bastante nas redes sociais sobre a decisão da estrela em não enfrentar Islam Makhachev. No entanto, o ex-campeão dos leves (até 70,3kg) disse que após receber a informação de que o russo estava lesionado, não quis mais esperar e pediu à organização por um adversário, para poder se manter ativo.

Veja Também

Islam Makhachev é campeão do UFC. Foto: Reprodução/Instagram/@ufc

“Não tem como eu ficar mais de um ano parado, eu estava ficando louco. Eu preciso estar treinando, focado, lutando e fazendo acontecer. Quando chegou que o Islam Makhachev se machucou e só poderia lutar depois, falei ao Diego (Lima): ‘Quero lutar’. Não é por dinheiro, eu preciso lutar e não quero ficar maior tempão sem lutar. Fizemos uma grande negociação e estamos no UFC 300”, disse Do Bronx ao jornalista Laerte Viana.

PUBLICIDADE:

O último compromisso de Do Bronx foi no UFC 289, em junho de 2023, quando o ex-campeão nocauteou o experiente Beneil Dariush. Ainda sonhando com uma revanche com Islam Makhachev, Charles medirá forças contra o duríssimo Arman Tsarukyan no histórico card do UFC 300, que acontecerá no dia 13 de abril, em Las Vegas (EUA).

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297