‘Sem demagogia’, Spider revela torcida para Belfort contra Weidman

Brasileiro diz que compatriota é o atleta mais completo da categoria dos médios e reforça desejo em ver título voltar ao país

V. Belfort (foto) está confirmado como próximo desafiante ao cinturão dos médios. Foto: Josh Hedges/UFC

V. Belfort (foto) está confirmado como próximo desafiante ao cinturão dos médios. Foto: Josh Hedges/UFC

Anderson Silva conhece bem as características de Chris Weidman e Vitor Belfort, que farão em breve luta válida pelo cinturão dos médios do UFC. Contra o norte-americano, “Spider” sofreu suas duas únicas derrotas no octógono, enquanto que, contra o compatriota, aplicou um dos nocautes mais marcantes de toda a sua longa e vitoriosa carreira.

Em entrevista coletiva realizada no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (14), Anderson foi político ao avaliar o jogo dos lutadores, mas garantiu que sua torcida estará voltada à vitória de Belfort. Segundo ele, seu principal desejo é ver o cinturão dos médios voltar às mãos de um lutador brasileiro.

“Minha opinião pessoal sobre o Vitor é a seguinte: de todos os atletas da categoria, ele é o mais completo. Mais explosivo, tem o melhor boxe, tem um bom jiu-jitsu, um bom wrestling. O Weidman é um atleta novo, de uma nova geração, e ele está com todo gás. Vai ser uma luta que todo mundo quer ver, e as minhas energias vão para que o Vitor vença, isso é óbvio. Quando eu tinha o título, eu nunca dizia que o título era meu. O título era nosso, e, uma vez dentro do Brasil, está certo. E eu vou torcer para o Vitor vencer, sem demagogia nem nada”, comentou Anderson.

O combate entre Weidman e Belfort estava originalmente marcado para o dia 6 de dezembro, no UFC 181. No entanto, a luta foi adiada para que o norte-americano pudesse reparar uma antiga lesão na sua mão. A nova data ainda não foi oficializada pelo UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments