‘Não vou pedir desculpas porque não me arrependo’, diz Sonnen, sobre doping

Norte-americano disse que ‘sabia exatamente o que estava fazendo’ quando decidiu tomar substâncias proibidas

Sonnen (foto) não se arrepende de casos de doping. Foto: Divulgação/UFC

Sonnen (foto) não se arrepende de casos de doping. Foto: Divulgação/UFC

Chael Sonnen protagonizou um dos grandes escândalos de doping da história recente do MMA. O norte-americano foi flagrado por duas vezes com substâncias proibidas em meados deste ano, perto da luta que faria no UFC 175, e, em consequência disso, recebeu uma suspensão de dois anos e anunciou sua aposentadoria do esporte.

Porém, engana-se quem pensa que Sonnen esteja arrependido com o que aconteceu. Na verdade, o ex-lutador disse que não pretende pedir desculpas pois estava ciente de todos os riscos que corria com as atitudes que tomou. “As pessoas perguntam ‘por que ele não diz que sente muito?’ Eu não sinto. Eu não vou pedir desculpas porque eu não me arrependo. Eu sou um adulto, eu sabia exatamente o que eu estava fazendo. Foi uma decisão premeditada”, explicou Sonnen na primeira edição de seu podcast, chamado “You’re Welcome!˜.

O norte-americano contou que só decidiu tomar substâncias proibidas porque elas o faziam se sentir melhor no dia a dia. “O problema é que funciona. O problema é que ajuda. Na verdade, isso é tudo medicina, e a medicina existe para você se sentir melhor. Ninguém vai ao médico e pede para tomar algo que te deixa pior. Eu estava tomando coisas que me faziam sentir melhor. Tomei algo, fui pego, fiquei manchado e é isso”, concluiu.

Relembre dez lutas polêmicas de Chael Sonnen:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments