Dana White projeta: Se Aldo continuar vencendo, pode enfrentar Anthony Pettis

Dirigente, porém, disse que existe uma longa fila de desafiantes na categoria dos penas a ser percorrida pelo brasileiro

Aldo e Pettis em foto promocional do duelo que aconteceria no UFC Rio 4. Foto: Divulgação/ UFC Brasil

Aldo e Pettis em foto promocional do duelo que aconteceria no UFC Rio 4. Foto: Divulgação/ UFC Brasil

Em agosto de 2013, por pouco José Aldo e Anthony Pettis não se enfrentaram pelo cinturão dos penas, mas o norte-americano acabou deixando o combate poucas semanas antes de sua realização devido a uma lesão no joelho. O desejo de promover o duelo, no entanto, parece ainda seguir firme na cabeça do presidente do UFC Dana White. Durante entrevista, o dirigente garantiu que o confronto ainda pode acontecer, mas revelou que isso depende dos próximos resultados do brasileiro.

“Se o José Aldo vencer mais algumas lutas, podemos conversar sobre ele enfrentar o Anthony Pettis. Essa luta pode mesmo acontecer. Tudo é possível”, afirmou White ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Apesar disso, o dirigente lembrou que o brasileiro tem pela frente uma longa lista de espera de desafiantes, em uma divisão peso pena que se encontra povoada como há muito não se via. “A categoria de pesos penas está em alta agora. É um ótimo problema para se ter. ‘Oh, meu Deus, há tantos caras que podem lutar pelo título!’. Esse é um ótimo problema para se ter”, brincou.

Aos 28 anos, José Aldo tem um cartel profissional de 24 vitórias e uma derrota. Único campeão dos penas da história do UFC, o manauara já contabiliza uma série invicta que dura 17 combates. Já Anthony Pettis, de 27 anos, possui um retrospecto de 17 vitórias e duas derrotas. “Showtime”, como é conhecido, faturou o título dos leves no ano passado e o defenderá pela primeira vez no próximo dia 6 de dezembro, quando encara Gilbert Melendez no UFC 181.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments