UFC Rio 5: José Aldo recorre à toalha, mas bate o peso e confirma luta pelo cinturão

Brasileiro ficou um pouco acima na primeira tentativa, mas cravou 66 kg na segunda vez; confira todos os resultados

Aldo se prepara para nova pesagem, desta vez com a ajuda da toalha. Foto: Reprodução/YouTube

Aldo se prepara para nova pesagem, desta vez com a ajuda da toalha. Foto: Reprodução/YouTube

Foi com um pouco de susto, mas José Aldo bateu o peso e está confirmado na disputa do cinturão dos penas neste sábado (25) contra Chad Mendes, na luta principal do UFC Rio 5. Na primeira tentativa na balança, o brasileiro ficou um pouco acima do peso limite da divisão, mas com o auxílio da toalha, e retirando o short que usava, conseguiu cravar os 66 kg, mesmo peso alcançado por Mendes.

UFC Rio:
– José Aldo vence guerra contra Chad Mendes e mantém cinturão no Brasil
– Phil Davis anula Glover Teixeira e desafia Anderson Silva
– Pupilo de Belfort brilha com finalização no card preliminar

Na encarada, diferentemente do que o histórico entre os dois poderia sugerir, o clima foi calmo, embora os lutadores não tenham se cumprimentado. Após bater o peso, Aldo mandou um recado para a torcida brasileira e tranquilizou os fãs com relação à manutenção do único título do país na atualidade. “Muitos tentaram e não conseguiram. Então, podem ficar tranquilos que esse cinturão vai ficar aqui”, garantiu.

ESPECIAL FAMÍLIA GRACIE
– Sede de treino do UFC, Maracanã foi palco histórico há 63 anos
– Membros do clã analisam ‘sumiço’ das competições de MMA

Já Mendes, bastante vaiado durante sua entrada, optou por ironizar a manifestação do público e fez um gesto pedindo que a torcida aumentasse o volume. Após bater o peso, o norte-americano falou sobre sua evolução desde o primeiro encontro com Aldo em 2012, no qual foi nocauteado pelo Manauara. “Há muita diferença. Eu melhorei muito, vi os erros que eu cometi e estou pronto para essa nova batalha”, afirmou.


Veja a galeria de fotos  com as principais imagens da pesagem:

Maldonado e Glover batem o peso sem problemas

Representantes brasileiros nas duas lutas que antecedem o evento principal da noite, os pesos meio-pesados Glover Teixeira e Fábio Maldonado passaram pela balança sem maiores problemas. Glover, assim como seu adversário Phil Davis, bateu 93 kg. Maldonado também cravou os 93 kg limites da divisão, enquanto seu oponente Hans Stringer bateu 93,4 kg.

Patolino e Magny têm encarada tensa

Um dos momentos mais tensos da pesagem foi a encarada entre o brasileiro William Patolino e Neil Magny. Após passarem pela balança com tranquilidade, Patolino e Magny se encararam fixamente e trocaram algumas palavras duras, com promessas de uma luta quente neste sábado (25).

VEJA TAMBÉM:
Rival de Aldo discute com fãs em ação promocional do UFC Rio
– Equipe Aldo muda corte de peso após susto com Renan Barão
– Aldo garante: ‘Vou para cima feito um caminhão desgovernado’

Luta que abre a noite tem dois atletas fora do peso

A pesagem não começou bem para os atletas. Estrelas da luta que abre o card carioca, o norte-americano Tony Martin e o brasileiro Fabrício Morango ficaram muito acima do peso limite da categoria peso leve e agora têm uma hora para chegar aos 70,3 kg. Martin se apresentou 900 g acima do peso, mas ainda assim está em situação mais confortável do que Morango, que bateu 72 kg.

Confira abaixo todos os resultados da pesagem oficial do UFC Rio 5:

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 66 kg): José Aldo (65,8 kg)  x Chad Mendes (65,8 kg);

Peso meio-pesado (até 93 kg): Glover Teixeira (93 kg) x Phil Davis (93 kg);

Peso meio-pesado (até 93 kg): Fábio Maldonado (93 kg) x Hans Stringer (93,4 kg);

Peso pena (até 66 kg): Darren Elkins (65,8 kg) x Lucas Mineiro (66,2 kg();

Peso leve (até 70,3 kg): Carlos Diego Ferreira (70,7 kg) x Beneil Dariush (70,7 kg).

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77,1 kg): William Patolino (77,1 kg) x Neil Magny (77,5 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Yan Cabral (70,7 kg) x Naoyuki Kotani (70,3 kg);

Peso mosca (até 57 kg): Wilson Reis ( 56,7 kg) x Scott Jorgensen (57,8 kg);

Peso pena (até 66 kg): Felipe Sertanejo (66,2 kg) x Andre Fili (66,2 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Gilbert Durinho (70,3 kg) x Christos Giagos (até 70,7 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Fabrício Morango (72 kg) x Tony Martin (71, 2 kg).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments