Phil Davis anula Glover Teixeira no UFC Rio e desafia Anderson Silva

Fábio Maldonado leva susto no primeiro round, mas retoma caminho das vitórias com nocaute técnico

Davis (foto) dominou Glover e desafiou Anderson. Foto: Divulgação/UFC

Davis (foto) dominou Glover e desafiou Anderson. Foto: Divulgação/UFC

Glover Teixeira não resistiu ao jogo justo de Phil Davis e sofreu sua segunda derrota consecutiva dentro do octógono na madrugada deste domingo (26). Na luta co-principal da quinta edição do UFC Rio, como ficou popularmente conhecido o UFC 179, o brasileiro não conseguiu soltar seu jogo e perdeu na decisão unânime dos juízes.

A estratégia de Davis era clara: anular o brasileiro em pé e levar o combate ao solo assim que possível. Mesmo que inicialmente Teixeira tenha conseguido evitar ser levado ao chão, Davis foi, aos poucos, impondo seu jogo. Teixeira tentava reagir assim que a luta retornava à trocação, mas Davis não deu brecha em momento algum. Os 15 minutos de luta se desenrolaram de maneira parecida, com Davis golpeando Teixeira em posição de domínio. Assim, Teixeira sofreu sua segunda derrota consecutiva no UFC, já que, em seu último combate, perdeu para Jon Jones em luta válida pelo cinturão da categoria dos meio-pesados.

LEIA TAMBÉM: Confira como foi o card preliminar do UFC Rio

Phil Davis, que conquistou sua quinta vitória contra lutadores brasileiros depois de bater Rogério Minotouro, Wagner Caldeirão, Vinny Magalhães e Lyoto Machida, desafiou o maior lutador do país na atualidade. “Não quero ser chamado de ‘Matador de Brasileiros’ porque sou cristão, mas só há um brasileiro que eu quero enfrentar: Anderson Silva”, disse o norte-americano.

Maldonado sofre, mas vira luta e nocauteia holandês

Na antepenúltima luta da noite, Fábio Maldonado retomou o caminho das vitórias ao derrotar Hans Stringer por nocaute técnico no segundo round. No entanto, o combate não foi nada fácil para o “Caipira de Aço”.

Logo nos primeiros instantes da luta, Stringer partiu com tudo para cima e quedou o brasileiro. Maldonado sobrevivia enquanto o holandês desferia cotoveladas. No segundo round, Stringer tentou repetir a estratégia, mas seu ímpeto e ritmo não eram mais os mesmos.

Em um momento no clinche, Maldonado quedou o oponente e encerrou o serviço no chão, já que Stringer pouco se defendia dos golpes que tomava. A festa com completada com o abraço no amigo Anderson Silva em cima da grade.

Dariush domina e tira invencibilidade de Ferreira

Na abertura do card principal da atração, Carlos Diego Ferreira viu sua invencibilidade no MMA profissional chegar ao fim em uma luta morna contra Beneil Dariush. O brasileiro não conseguiu impor seu jogo e foi fominado pelo iraniano, que foi apontado vencedor com triplo 30 a 27.

Dariush fez bom uso de seu wrestling ao quedar Ferreira e anular as intenções do brasileiro no solo. No fim, cansado, Diego não conseguiu reagir e sofreu sua primeira derrota em três lutas no UFC. Já Dariush obteve seu terceiro triunfo em quatro aparições no octógono.

Mineiro é anulado e vê fim de sequência de vitórias

Lucas Mineiro não conseguiu impor seu jogo de trocação diante de Darren Elkins e viu chegar ao fim a sequência de três vitórias consecutivas dentro do octógono. O norte-americano, ciente do afiado muay thai de Mineiro, utilizou uma estratégia que não deixou o brasileiro confortável durante todo o combate.

Elkins buscava o clinche a todo momento, pensando o rival na grade e alternando com algumas quedas. Mineiro até tentou reagir, como quando aplicou um belo chute alto no segundo round, mas não foi suficiente para levar a vitória.

Dois dos juízes deram os três rounds para Elkins, enquanto que, de forma impressionante, o terceiro jurado viu vitória de Mineiro nos três rounds. Assim, a conquista do norte-americano foi por decisão dividida.

Veja os resultados do UFC Rio 5:

CARD PRINCIPAL

Penas: José Aldo x Chad Mendes
Meio-pesados:
Phil Davis derrotou Glover Teixeira por decisão unânime;
Meio-pesados:
Fábio Maldonado derrotou Hans Stringer por nocaute técnico no R2;
Penas:
Darren Elkins derrotou Lucas Mineiro por decisão dividida;
Leves:
Beneil Dariush derrotou Diego Ferreira por decisão unânime;

CARD PRELIMINAR

Meio-médios: Neil Magny derrotou William Patolino por nocaute técnico no R3;
Leves: Yan Cabral derrotou Naoyuki Kotani por finalização no R2
Moscas: Wilson Reis derrotou Scott Jorgensen por finalização no R1;
Penas: Andre Fili derrotou Felipe Sertanejo por decisão unânime
Leves: Gilbert Durinho derrotou Christos Giagos por finalização no R1;
Leves: Tony Martin derrotou Fabrício Morango por finalização no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments