Borrachinha reflete sobre condições no corte de peso e nega pretensão de ir aos meio-pesados

Brasileiro afirma estar em busca de aperfeiçoar dieta e treinos para performar melhor no octógono e destaca vantagem física sobre rivais

Paulo Borrachinha foi derrotado em sua última aparição. Foto: Reprodução/Instagram

Apontado como um atleta grande fisicamente para se apresentar nos médios (até 83,9kg.). Paulo Borrachinha revela estar em processo cuidadoso para alcançar o peso da melhor maneira possível. Em lutas anteriores, o brasileiro aparecia com semblante preocupante na pesagem oficial, devido ao esforço para chegar no limite da divisão. Atualmente, porém, o mineiro afirma estar com planejamento mais saudável em busca de melhores performances.

“Ainda estou me preparando para mostrar a vocês toda a minha condição, todo o meu potencial. Ainda não atingi isso. Essas coisas sobre peso, eu cortei muito. Preciso lidar com o controle de peso de alguma forma para não afetar muito meu desempenho. Na academia, posso ter um desempenho melhor do que nas lutas. Mas ainda procuro como posso levar 100% de minhas habilidades e meu talento para o cage. Ainda tenho alguns ajustes e detalhes para fazer isso acontecer”, disse Borrachinha em entrevista ao ‘Submission Radio’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

whittaker-borrachinha
jones-ngannou

Questionado sobre possível mudança para os meio-pesados (até 93kg.) a fim de amenizar o corte de peso, Borrachinha negou planejamento e explicou a razão para se manter nos médios.

“(Mudar para o peso meio-pesado) resolveria alguns (problemas), e eu teria novos problemas também. Eu fiz mais da metade, estou no final de todo o processo para corrigir esses pequenos detalhes. Tenho apenas 10% para consertar. Já fiz todo o processo, portanto, se eu simplesmente subir para os meio-pesados, esqueceria todo o processo, toda a experiência que tive antes de atingir 100%, o meu melhor”, declarou o lutador.

PUBLICIDADE:
Paulo Borrachinha em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Paulo Borrachinha em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Por fim, o lutador defendeu que abrir mão de sua vantagem física seria injusto com si mesmo.

PUBLICIDADE:

“Não faz sentido para mim agora, porque estou tão perto de consertar esses pequenos detalhes. Ainda sinto que meu corte de peso está ficando mais fácil a cada vez. Sofro cada vez menos. Sinto que estou progredindo. Quando sinto que estou preso ou que estou retrocedendo, posso pensar em uma mudança. Mas, no momento, estou me sentindo como um valentão na jaula. Sou tão grande, tão forte. É quase injusto”, concluiu.

P. Borrachinha (dir.) em ação contra M. Vettori (esq.) no UFC Las Vegas 41. Foto: Reprodução/Instagram

Em passagem pelo Ultimate, Paulo Borrachinha precisou se apresentar apenas uma vez nos meio-pesados após afirmar que não teria condição de seguir com corte. Na ocasião o atleta enfrentou Marvin Vettori e foi derrotado na decisão dos juízes. Em sua última aparição, o brasileiro silenciou questionamentos e aferiu rapidamente o exigido para lutar nos médios contra Robert Whittaker no UFC 298.

PUBLICIDADE:

Exclusivo! Fenômeno da trocação que luta no UFC 302 deixa Poatan para trás e quer enfrentar Adesanya

Leia Mais sobre: , , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300