Ex-lutador do Bellator diz ter sido informado de demissão por e-mail

Desmond Green comentou sua saída do evento rival do UFC e se divertiu com a inusitada circunstância

D. Green (foto) tem o apelido de "Predador" por sua vasta cabeleira. Foto: Divulgação/Bellator

D. Green (foto) tem o apelido de “Predador” por sua vasta cabeleira. Foto: Divulgação/Bellator

Ser desligado de uma empresa nunca é fácil e muitas pessoas temem pelo momento em que serão convocadas para ter “a conversa” na sala do chefe ou setor de RH, que terminará invariavelmente com a notificação do fim do vínculo empregatício. Mas não foi exatamente assim que as coisas aconteceram com o agora ex-atleta do Bellator Desmond Green. Em entrevista, Green revelou que foi comunicado de sua demissão da organização por um e-mail recebido da direção.

PUBLICIDADE:

“Sim, eu fiquei chateado por causa disso, mas você sabe, são negócios. Eu realmente não entendi, mas eles realmente tiveram suas razões para isso. Eu fiquei surpreso, isso é certo. Tudo que eu recebido foi um e-mail deles depois que o (novo diretor, Scott) Coker assumiu. Nem um telefonema, somente uma carta. Não era nem uma carta, era um e-mail (risos)”, comentou Green, durante vídeo promocional de sua próxima luta, no evento Titan FC.

Apesar da forma inusitada com que deixou o Bellator, Desmond Green deu a volta por cima e agora está escalado para fazer a luta co-principal do evento Titan FC 31, nesta sexta-feira (31), em Tampa (EUA). No combate, Green, que possui um cartel profissional de 12 vitórias e apenas três derrotas, enfrentará o ex-atleta do UFC Miguel Torres.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário