Weidman cobra publicamente e Belfort é submetido a exame antidoping surpresa

Campeão usou redes sociais para pedir rigor na avaliação do rival e criticou ataques recebidos dos fãs brasileiros

V. Belfort (foto) passou por seu primeiro exame antidoping surpresa após ser novamente licenciado para lutar em Las Vegas. Foto: Josh Hedges/UFC

V. Belfort (foto) passou por seu primeiro exame antidoping surpresa após ser novamente licenciado para lutar em Las Vegas. Foto: Josh Hedges/UFC

Como era de se esperar, o suposto uso de substâncias ilegais continua sendo tópico dominante nos meses que antecedem o duelo pelo cinturão dos médios entre Chris Weidman e Vitor Belfort, que fazia uso do agora proibido Tratamento de Reposição de Testosterona (TRT). Por meio de seu perfil oficial no Twitter, o campeão cobrou uma postura mais rigorosa na avaliação de Belfort e ainda encontrou tempo para provocar o adversário.

“Weidman x Belfort = a 120 dias de distância. Luta anunciada pela primeira vez = 100 dias. Número de vezes que Vitor Belfort foi testado = zero. Número de vezes que ele será testado = ???”, publicou o norte-americano na rede social. “Que fique registrado, não o ajudará se ele estiver escondendo qualquer coisa, eu serei o campeão após 1º de março. O que é certo é certo”, alfinetou Weidman, que recebeu uma série de respostas ríspidas dos fãs brasileiros e reclamou. “Oh, veja, os guerreiros dos teclados brasileiros estão de volta. Senti falta de vocês, pessoal. Me desculpem se eu sigo sendo escalado em confronto contra seus ‘ídolos'”, ironizou.

Pouco depois da pressão pública, Chris Weidman foi informado, por meio de notícia divulgada pelo site norte-americano “Yahoo”, que Vitor Belfort já havia sido submetido a um exame antidoping surpresa no último sábado (01). Na data, representantes da Comissão Atlética de Nevada estiveram na Flórida, onde Belfort treina, e coletaram amostras de sangue e urina do brasileiro. Segundo o dirigente do órgão regulamentador, Bob Bennett, os resultados devem ser divulgados em aproximadamente duas semanas.

Após ser informado do teste em seu desafiante, Weidman voltou à rede de microblogs, desta vez para comemorar a realização do exame. “Estou feliz que a coisa certa aconteceu. Espero que continuem. Mal posso esperar pelo dia 28 de fevereiro”, afirmou. Aos 30 anos, Chris Weidman tem um cartel profissional invicto de 12 vitórias. Já Vitor Belfort tem um retrospecto de 24 vitórias e dez derrotas. Os dois se enfrentam pelo cinturão dos médios no dia 28 de fevereiro, na luta principal do UFC 184, em Los Angeles (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments