Inspirado em Popó e Bambam, Edmundo revela desejo de enfrentar Romário no boxe e provoca desafeto

Antigo companheiro de ataque e hoje desafeto, Edmundo manifestou o interesse em enfrentar o 'Baixinho' na nobre arte

edmundo-e-romario

Edmundo e Romário são ex-companheiros de ataque e desafetos (Foto: André Durão)

O sucesso do duelo entre Acelino Popó Freitas e Kleber Bambam, que parou o Brasil no mês passado, parece ter acendido em personalidades das mais variadas esferas o interesse em se aventurar com as luvas de boxe. Entre elas está a lenda do futebol brasileiro Edmundo, ídolo de Vasco e Palmeiras, que desafiou ninguém menos do que Romário para uma luta.

Durante transmissão ao vivo no canal ‘Mundo Ed’, no YouTube, o ‘Animal’ foi questionado se aceitaria fazer uma luta de boxe e aproveitou para desafiar nominalmente o Baixinho.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Charles do Bronx após vitória no UFC 289. Foto: Reprodução/Instagram

“Eu quero lutar com o Romário, mas ele não quer”, disparou o ‘Animal’.

O ator Eri Johnson, que participava da transmissão ao lado de Edmundo, brincou com o desafio feito pelo amigo.

PUBLICIDADE:

“Vai dar um sono do c***** essa luta. Dois velhos! Vai olhar um para a cara do outro e falar: ‘Ninguém veio'”, disse.

Desafeto entre Edmundo e Romário começou há mais de 20 anos

Edmundo e Romário, que já haviam atuado juntos no Flamengo e na Seleção Brasileira, formaram uma dupla de ataque histórica no Vasco da Gama campeão brasileiro e vice-campeão mundial em 2000. O desafeto entre os dois, no entanto, teve início na mesma época e rendeu declarações memoráveis.

PUBLICIDADE:

Em março daquele ano, na vitória de 3 a 0 do Vasco sobre o Bangu, em jogo válido pelo Campeonato Carioca, Romário perdeu um pênalti e gerou a revolta de Edmundo, que gostaria de ter cobrado a penalidade.

“Quem manda é o homem lá (Eurico Miranda), mas eu que estava treinando os pênaltis. Mas se o homem quer que bata o príncipe (Romário), não tenho culpa”, disparou o ‘Animal’ em entrevista após o jogo.

A resposta veio menos de duas semanas depois, na vitória sobre o Olaria pela mesma competição. Após fazer três gols na partida e superar Edmundo na corrida pela artilharia, o ‘Baixinho’ respondeu.

PUBLICIDADE:

“Agora a corte está toda feliz: o rei, o príncipe e o bobo”, disparou.

De lá para cá os dois fizeram as pazes, voltaram a conviver e até jogar juntos em outras oportunidades, mas, recentemente, voltaram a se desentender publicamente e vêm trocando ofensas em entrevistas e declarações.

FOGO NO PARQUINHO! Lenda do UFC critica Poatan e questiona status de campeão: ‘Difícil apoiar’

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88