Cris Cyborg se oferece para ajudar Cat Zingano a vencer Ronda Rousey

Brasileira se disse irritada com provocações da campeã do UFC e propôs um duelo em peso casado contra a loira

C. Cyborg (foto) estrearia na categoria de Ronda em dezembro, mas acabou se lesionando. Foto: Strikeforce/Reprodução

C. Cyborg (foto) estrearia na categoria de Ronda em dezembro, mas acabou se lesionando. Foto: Strikeforce/Reprodução

A intensa rivalidade entre Cris Cyborg e Ronda Rousey não para de crescer. Desafetas declaradas, a brasileira e a norte-americana têm intensificado o ritmo de provocações públicas e, inclusive, aumentado o tom da discussão em certos momentos. Porém, nesta quarta-feira (19), a brasileira deu um passo adiante na rixa com a campeã do UFC e se ofereceu para ajudar a próxima desafiante da loira, Cat Zingano, a derrotá-la.

“A Ronda diz que quer tentar me matar no cage? Mas você está com medo por conta de dez libras? Vamos nos encontrar no meio, em 140 libras (63,5 kg). Estou cansada desse papo de valentona. Cat Zingano, se você estiver procurando parceira de treino, me avise. Mal posso esperar para ver você calar a boca dessa garota”, escreveu Cyborg no fórum “MMA Underground”, em uma publicação intitulada, ironicamente, “Querida Ronda”.

Esta não é a primeira vez que Cris Cyborg quer ajudar uma rival de Ronda a se preparar para a luta entre elas. No fim do ano passado, antes do UFC 168, a brasileiro também se ofereceu para treinar com Miesha Tate visando o duelo no dia 28 de dezembro, no qual a morena acabou derrotada por finalização no terceiro assalto.

Enquanto não resolve seus problemas com Ronda Rousey no octógono, Cris Cyborg segue como campeã peso pena do Invicta FC. A curitibana estrearia no fim deste ano na categoria peso galo, a mesma de Ronda, mas acabou se lesionando e adiando sua mudança de divisão. Já Ronda Rousey enfrenta Cat Zingano, se com ou sem a ajuda de Cyborg ainda não se sabe, no dia 28 de fevereiro de 2015, na luta co-principal do UFC 184.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments