Jon Jones descarta possível luta com Anderson Silva: ‘Eu o admiro demais’

Campeão diz que não gostaria de ver brasileiro perder, mas que também não gostaria de ser derrotado

J. Jones (foto) falou com a alta cúpula do UFC sobre a briga com Cormier. Foto: Jeff Bottari/UFC

No que depender de Jones (foto), luta com Anderson nunca vai acontecer. Foto: Jeff Bottari/UFC

Os torcedores mais fanáticos de MMA se animaram com o treino feito por Anderson Silva e Jon Jones na sede do UFC, em Las Vegas (EUA). Afinal, o brasileiro, maior nome da história da divisão dos médios, e o norte-americano, campeão mais dominante dos meio-pesados, eram especulados com frequência em uma superluta quando ambos eram campeões. Porém, no que depender de Jones, isso nunca vai acontecer.

Jones afirmou que sua admiração por Anderson é grande a ponto de isso transformar a ideia de um combate entre eles em uma sensação incomum. “Eu nunca gostaria de lutar com Anderson. Nunca, jamais. Eu o admiro demais. Não há muitas pessoas que eu admiro na minha vida, mas olhe o que ele fez. [Michael] Jordan, LeBron [James], Anderson, Kobe [Bryant], eu os considero de uma mesma espécie. Atletas deste calibre não aparecem com tanta frequência. Eu não quero ser o cara a batê-lo. Mesmo que isso já tenha acontecido, eu não queria perder para ele e não queria vencê-lo”, disse o norte-americano.

Tanto Jones quanto Anderson já têm oficializados seus próximos compromissos no UFC. O norte-americano enfrenta Daniel Cormier no UFC 182, colocando em jogo o cinturão dos meio-pesados no dia 3 de janeiro, enquanto o brasileiro enfrenta Nick Diaz no UFC 183, no dia 31 do mesmo mês.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments