Jacaré aposta em jiu-jitsu como arma para derrotar Romero no UFC 184

Brasileiro confia que vitória sobre cubano irá credenciá-lo a disputar o cinturão dos médios da organização

Jacaré (foto) deixou Belfort e Lyoto para trás. Foto: Josh Hedges/UFC

Jacaré (foto) quer lutar pelo título após bater Romero. Foto: Josh Hedges/UFC

Com o passar do tempo, Ronaldo Jacaré vem se transformando em um dos lutadores mais completos da divisão dos médios do UFC. Consagrado no jiu-jitsu, o brasileiro vem mostrando trocação afiada, tendo inclusive já nocauteado o duro Yushin Okami dentro do octógono.

No entanto, em sua próxima luta, contra Yoel Romero, no UFC 184, Jacaré voltará às suas raízes e tentará utilizar o jogo de chão para vencer o cubano. “Ele está bem ranqueado na categoria e está vindo de boas vitórias. É um atleta muito forte e explosivo. Em relação à luta, acho que vai ser um duelo duro e muito disputado. Ele é um cara muito forte no wrestling e eu também pretendo usar minha parte de chão. Acho que posso vencer qualquer um com o meu jiu-jitsu. E é isso que vou levar para esta luta”, comentou o brasileiro.

Vindo de quatro vitórias consecutivas no UFC, Jacaré considera que um triunfo sobre Romero o credenciará a disputar o cinturão. “O Belfort e o Weidman vão se enfrentar e se eu fosse esperar eles lutarem, teria que esperar aproximadamente nove meses parado e isso não estava nos meus planos. O Dana White estava certo quando disse que eu teria de fazer mais uma luta. Tenho que focar bastante no próximo adversário, que é muito duro dentro da divisão. Depois desse combate estarei pronto para disputar esse cinturão”, afirmou.

A luta entre Jacaré e Romero acontecerá no UFC 184, em Los Angeles (EUA), no dia 28 de fevereiro. Na luta principal da noite, Chris Weidman e Vitor Belfort lutarão pelo cinturão dos médios, a mesma categoria na qual atua Jacaré.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments